Emagrecer: O que não comer antes de dormir

Alimentação Bem-estar
09 de Agosto, 2019
Emagrecer: O que não comer antes de dormir

Por alguma razão, os lanches pós-jantar combinam muito com o sofá e as séries do final de noite. Mas, o tipo de alimento escolhido para consumir pode tornar mais difícil para atingir as metas de emagrecimento. 

Isso porque enquanto alguns nutrientes e ingredientes ajudam a acelerar o metabolismo e reduzem a fome pela manhã, outros aumentam os níveis do hormônio do estresse cortisol e retardam a queima de gordura.

A boa notícia é que você também fazer escolhas inteligentes e que vão jogar a seu favor. Antes de dormir, deve-se comer alimentos leves de fácil digestão e com propriedades calmantes para facilitar o sono, como vitamina de abacate, iogurte com aveia, banana com nozes ou leite com mel, por exemplo.

Se sua intenção é eliminar os quilinhos extras, passe longe na hora ceia:

Chocolate amargo

Pode até parecer uma maneira saudável de satisfazer seus desejos antes de dormir, mas o chocolate amargo no final da noite é exatamente o que você não quer: cafeína, teobromina (outro estimulante) e açúcar. E enquanto os dois primeiros podem dificultar o relaxamento depois de comer, o último pode sabotar diretamente seus esforços de perda de peso. Dormir com pico de insulina no organismo é o ambiente perfeito para o armazenamento de gordura. Embora seu sistema utilize parte do açúcar para manter seu corpo trabalhando durante o descanso, muito dele será armazenado como gordura por conta do repouso. 

Alimentos gordurosos

Alimentos ricos em gordura saturada podem promover saciedade e acelerar a perda de peso, mas quando ingeridos logo antes de dormir podem interferir no seu sono. Isso acontece porque gorduras são mais demoradas de digerir, fazendo com que a grande parte da energia do corpo seja desviada para essa função, causando desconfortos. A privação do sono aumenta a produção de grelina, produzida no estômago, que dá fome, e diminui a produção de Leptina, elaborada nas células de gordura, que diminui a fome. 

Comidas apimentadas

Assim como comida gordurosa, condimentos apimentados vão fazer seu organismo trabalhar dobrado e colocar o metabolismo lá em cima. Provavelmente seu sono não será tão profundo quanto poderia ser – e noites mal dormidas estimulam as pessoas a comer mais e ganhar peso.

Bolos, pães e doces

Por conta do alto índice glicêmico que estimula e ativa o corpo, além do alto valor calórico – no caso de quem busca o emagrecimento.

Bebidas estimulantes

Café, chá preto e chá mate são ricos em cafeína e devem ser evitados, pois podem ocasionar insônia, refletindo no dia seguinte em cansaço, sonolência e irritação.

Álcool

De fato, o álcool ajuda a relaxar, reduz o estresse, diminui a ansiedade e causa sonolência. Tudo isso tende a ajudar você a dormir mais facilmente. O problema vem no momento após “pregar os olhos”. Um estudo recente, publicado no periódico JMIR Mental Health, aponta que o álcool interfere em áreas do sistema nervoso responsáveis pelo estado de “alerta” e de “descanso”. No dia seguinte, o resultado de todos os efeitos gerados pelo álcool geralmente é o cansaço. No entanto, em longo prazo, essa redução da qualidade do sono aumenta o estresse do organismo e pode provocar problemas como hipertensão, obesidade e até morte súbita. 

Leia também: 7 lanchinhos para comer antes de dormir que ajudam no sono

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!