Infertilidade pode ser potencializada por dieta rica em gordura

5 de agosto, 2022

A infertilidade masculina pode acontecer por diversas razões, como varizes do testículo, baixa produção hormonal, condições genéticas e doenças causadas na infância. Além disso, existem outros hábitos que podem colocar em risco a fertilidade dos homens. Uso de drogas, álcool em excesso e alguns medicamentos são exemplos de fatores que influenciam a questão. A alimentação também tem um papel importante nesse sentido. Isso porque um estudo recente revelou que uma dieta rica em gordura pode aumentar a chance de infertilidade, que pode ser herdada por até duas gerações.

A pesquisa, realizada pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), foi liderada por uma equipe de pesquisadores que já havia descoberto alguns problemas associados a esse tipo de dieta. De acordo com estudos anteriores, o consumo excessivo de gordura altera o metabolismo dos testículos.

Na pesquisa mais recente, eles utilizaram ratos como cobaias do experimento. Nela, eles conseguiram fazer uma análise acerca dos efeitos transgeracionais da alimentação em questão. Por fim, descobriu-se que uma dieta rica em gordura não afeta somente a fertilidade do indivíduo que a consumiu. Na verdade, as duas próximas gerações, ou seja, filho e neto, mesmo que optem por uma dieta equilibrada, carregam alterações por conta da descendência.

Dieta rica em gordura: consequências além da infertilidade

Além de ter um impacto significativo na questão da infertilidade masculina, a dieta rica em gordura também está relacionada a outros problemas de saúde.

Uma outra pesquisa expôs a associação entre esse tipo de alimentação e uma alteração na microbiota intestinal. Por fim, eles concluíram que a dieta baseada em alimentos gordurosos causa alterações prejudiciais para a microbiota, além de influenciar fatores pró-inflamatórios.

Além disso, recentemente, neurocientistas da University of South Australia realizaram um estudo com camundongos. Nele, eles identificaram uma possível queda nas habilidades cognitivas daqueles que mantêm uma dieta rica em gordura. Também destacaram um maior risco de desenvolver diabetes, ansiedade, depressão e agravamento de Alzheimer.

Alimentação do homem

Ao sentir o desejo de trazer um novo integrante para a família, é comum que somente as mulheres busquem adotar hábitos saudáveis e incorporar uma alimentação nutritiva e adequada. Entretanto, já comprovou-se que a alimentação do homem influencia nesse processo e, por isso, também deve receber atenção.

De acordo com a nutricionista Karla Lacerda, as mudanças devem começar cerca de 90 dias antes da primeira tentativa de engravidar. É preciso que haja, sobretudo, uma ingestão rica de proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais, além de outros micronutrientes.

Folhas verdes-escuras, sardinha, castanha-do-pará, alho, cebola, feijão, amêndoa e berinjela são alguns dos itens recomendados pela especialista. Além disso, as refeições devem conter vegetais e legumes, como acerola, salsa, brócolis, couve pimentão e frutas, como manga, laranja e morango.

Por outro lado, os alimentos ultraprocessados, frituras, excesso de açúcar e bebida alcoólica não trazem efeitos positivos para a gestação e a alimentação do casal.

Leia também: Importância da alimentação do casal para uma gestação saudável

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.