Dia da Gula: por que às vezes exageramos na comida?

Alimentação Bem-estar
26 de Janeiro, 2023
Dia da Gula: por que às vezes exageramos na comida?

Hoje (26/01) é o Dia da Gula. A palavra ficou conhecida e é muito usada por algumas religiões para definir um dos setes pecados capitais que abarca o egoísmo e o ato de se obter coisas além do necessário, apenas pelo prazer.

Contudo, para a maioria das pessoas, a gula está relacionada a comer mais do que o corpo precisa. “É o hábito de cometer excessos na comida e na bebida, que ocorre devido ao desajuste no autocontrole, possivelmente atrelado a fatores emocionais”, explica a nutricionista Juliana Lucas P Lima, da Clínica do Dr Lucas Costa.

Deixando aspectos morais e religiosos de lado, a gula se parece muito com outro termo muito utilizado na Nutrição: a fome emocional. “A fome emocional também tem um fundo psicológico ou comportamental. Isso porque quem sofre com esse problema, procura na comida modos de encontrar sensações agradáveis, diminuir sentimentos ruins ou buscar alívio e conforto”, complementa a especialista.

Leia também: Como comer melhor em 2023: veja dicas

Dia da Gula: comer mais do que o necessário é sempre ruim?

Se você leu a explicação acima sobre a gula e lembrou de um evento no qual exagerou na dose sem nem estar com fome, não precisa se sentir culpado. Afinal, todos estamos sujeitos a isso, e vale lembrar que o ato de comer pode ter outros objetivos além de nutrir o corpo.

A alimentação, ao longo dos anos, também esteve relacionada à socialização. Em casamentos, formaturas, festas de fim de ano, Páscoa e outras comemorações, por exemplo, as comidas e as bebidas estão sempre presentes.

Além disso, é muito comum recorrermos às chamadas comfort food (refeições de conforto) quando estamos tristes, felizes, ansiosos, nervosos… Vez ou outra, uma guloseima ou prato que lembra a avó pode acalentar o coração.

Mas aí é que entra a questão. Usar comida de vez em quando como uma recompensa não é uma coisa ruim. No entanto, abrir a geladeira e comer sempre que estiver cansado, estressado, ocioso, com raiva e entediado pode demonstrar uma fuga psicológica para aliviar emoções negativas.

Ademais, comer exageradamente (ou compulsivamente, como muitos dizem) pode acarretar problemas de saúde, que vão desde desconfortos e doenças gastrointestinais, a questões emocionais (como transtornos alimentares), obesidade, diabetes tipo 2, hipertensão, entre outros.

Leia também: Intoxicação ou alergia alimentar? Saiba como diferenciar

Como não deixar que isso vire algo recorrente?

Por isso, o segredo é fazer desses momentos exceções, e não regras na sua rotina. A seguir, a especialista elenca algumas dicas para evitar a gula:

  • Consuma alimentos de forma consciente: uma boa dica é apostar em práticas de mindful eating;
  • Reduza as tentações: no dia a dia, evite estocar alimentos pouco nutritivos — doces, balas, e salgadinhos, por exemplo;
  • Prefira alimentos nutricionalmente mais densos, em vez dos exemplos dados acima;
  • Estabeleça horários para comer durante a semana;
  • Tente manter uma rotina regular de atividade física;
  • Valorize o sono profundo e reparador;
  • Tome sol regularmente;
  • Beba água;
  • Procure ajuda médica e psicológica caso precise.

Fonte: Juliana Lucas P Lima, nutricionista da Clínica do Dr Lucas Costa e especialista em Clínica Funcional com foco em emagrecimento, saúde e performance (CRN – 2011003680).

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Mesa flexora e cadeira flexora
Bem-estar Movimento

Mesa flexora e cadeira flexora: quais as diferenças e qual é a melhor?

Quem pratica musculação em academias, provavelmente vai se deparar com dois exercícios muito comuns no “leg day”: mesa flexora e cadeira flexora. Além do nome parecido,

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor