Dermatite do traje de banho: o que é e como proteger as crianças do surto

Gravidez e maternidade Saúde
22 de Novembro, 2022
Dermatite do traje de banho: o que é e como proteger as crianças do surto

Com o clima ensolarado e a contagem regressiva para o verão, muitos pais e responsáveis respiram aliviados. Afinal, é a chance de levar a criançada para a praia e dar mais uma opção de lazer para toda a família. Contudo, nos últimos dias, hospitais relataram o aumento de casos da dermatite do traje de banho. Os pacientes são crianças que passaram alguns dias em praias de São Paulo e do Rio de Janeiro e estão com lesões vermelhas na pele e coceiras. Afinal, por que essa dermatite está crescendo entre as crianças? A seguir, saiba mais.

Veja também: Como cuidar da pele do recém-nascido

O que é a dermatite do traje de banho?

De acordo com Camila Bueno, médica pediatra e neonatologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, esse tipo de dermatite é bem específico. “Ela é causada após o contato com larvas da cifomedusa Linuche unguiculata, uma espécie de água-viva. As larvas vêm com as correntes marítimas — provavelmente, está acontecendo uma mudança dessas correntes. Por isso que estão surgindo tantos novos casos. É um fenômeno que pode acontecer de tempos em tempos, por isso falamos em ‘surto'”, explica a médica.

Sintomas que exigem atenção

Camila sinaliza que os incômodos mais comuns da dermatite do traje de banho são manchas vermelhas e a coceira na pele. “Principalmente em áreas de atrito, como axila e virilha, e nas regiões cobertas pelas roupas de banho, logo depois de entrarem em contato com a água do mar”, acrescenta. Tal característica é importante para diferenciar as manchas de uma picada de mosquito, por exemplo.

Portanto, caso você vá à praia com as crianças, fique de olho se os pequenos reclamam desses sintomas e aja imediatamente. “Tire a roupa de banho e lave bem o corpo e as roupas de banho com água corrente morna (não use água fria). É importante não secar a criança com a toalha assim que ela sair do mar, pois isso pode gerar mais atrito e ativar os ‘ferrões’ das larvas presentes na pele”, orienta a pediatra.

O que fazer se a dermatite piorar?

Na maioria das vezes, os sintomas não precisam ser motivos de preocupação, segundo Camila Bueno. No entanto, se a criança tiver náuseas, diarreia, dor de cabeça e calafrios, é importante ir a um pronto-socorro para controlar o quadro e aliviar a condição. Ou, se possível, recorrer ao pediatra do pequeno para dar as devidas orientações.

Por que as crianças são mais vulneráveis ao problema?

A razão é que a criançada fica mais na água do que os adultos. O período de exposição ao mar é uma oportunidade para as larvas se instalarem nas sungas, maiôs ou biquínis. Assim, é ideal acompanhar o tempo que as crianças permanecem na água e observar se há marcas atípicas na pele. 

Tratamento da dermatite do traje de banho

A princípio, os cuidados envolvem antialérgicos para reduzir a ação das toxinas da água-viva na pele, além de corticoides e hidratantes. Geralmente o quadro melhora completamente depois de duas semanas, mas é essencial seguir as recomendações do médico nesse período.

 

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

insulina oral
Saúde

Insulina oral: Pesquisadores desenvolvem novo tratamento para diabetes

A nova versão se mostrou mais prática e deve gerar menos efeitos colaterais

Ivete Sangalo pneumonia
Saúde

Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

A pneumonia é uma infecção respiratória que causa tosse com muco ou pus, febre e dificuldade respiratória

foto de uma caderneta de vacinação com uma seringa
Saúde

Caderneta de vacinação em dia ajuda a evitar surtos de doenças

Especialistas alertam que a vacinação é um pacto de saúde coletivo