Depilador de cristal: método que viralizou na web é arriscado, diz médica

Beleza Bem-estar
26 de Setembro, 2022
Depilador de cristal: método que viralizou na web é arriscado, diz médica

Quem costuma se interessar e buscar por assuntos relacionados a beleza nas redes sociais provavelmente já se deparou com alguma propaganda do depilador de cristal.

Facilmente encontrado à venda na internet, o novo método acabou viralizando na web por prometer acabar com os pelos do corpo de uma forma rápida, indolor e prolongada, apenas passando o objeto na pele.

Mas, afinal, será que seu uso é realmente indicado? De acordo com a dermatologista Luciana Garbelini, a resposta é não.

A seguir, saiba quais são os riscos que o depilador de cristal pode oferecer para a saúde da pele.

Leia também: Depilação: Conheça diferentes formas de acabar com os pelos

O que é e como funciona o depilador de cristal?

O depilador de cristal é um objeto que tem em sua superfície microcristais de vidro, com uma textura que se parece muito a uma lixa.

De acordo com as descrições das lojas online que vendem o produto importado, trata-se de um método de depilação indolor, que além de remover os pelos, ainda pode ser usado como ferramenta de esfoliação, ou seja, para remover células mortas da pele.

Já segundo Luciana, a função desse produto é a mesma da lâmina de depilar, já que ele não remove os fios pela raiz como um depilador elétrico ou a cera.

Além disso, por mais que prometa deixar a pele mais macia, existe o grande risco de o atrito causar sensibilidade.

Leia também: Depilação a laser realmente acaba com os pelos? Saiba como funciona

Riscos do uso

Não é difícil encontrar comentários de internautas relatando que o depilador de cristal realmente removeu os pelos de seus corpos.

Apesar de cumprir a função de depilação, contudo, Luciana alerta que ele pode oferecer muitos riscos para a saúde da pele.

“O atrito dos cristais sobre a pele corta os pelos da superfície através do movimento de fricção. Contudo, apesar de ser indolor na remoção de pelo, seu uso pode sensibilizar a pele”, ela aponta.

Além disso, o movimento contínuo pode causar escoriações e até mesmo feridas na região usada.

“Os microcristais não apenas removem os pelos, mas também entram em contato com a pele em movimentos repetitivos, que acabam machucando a área e causando essa vermelhidão que se assemelha à queimadura de pele”, alerta.

É o que mostra, inclusive, o vídeo de um internauta que ficou com as pernas cheias de feridas após o uso do depilador de cristal.

De acordo com o relato, o rapaz sentiu um leve incômodo enquanto removia os pelos passando o objeto na pele. Contudo, logo após o banho, suas pernas já estavam com as escoriações mostradas na gravação.

Reprodução/TikTok

Contraindicações para o depilador de cristal

De acordo com a dermatologista, o uso do depilador de cristal é contraindicado para todos.

“Quem tem a pele sensível é mais suscetível a ter manchas após uma irritação ou machucado na pele. As lesões na pele como a vermelhidão, ardência e pequenos cortes podem também podem acontecer com todos que usam o objeto”, ela aponta.

E finaliza: “O indicado é procurar um dermatologista para ver qual a melhor recomendação para a remoção de pelos de acordo com o seu tipo de pele.

Fonte: Luciana Garbelini, médica dermatologista, de São Paulo.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

mulher correndo ao ar livre em uma ponte em cima de um rio
Bem-estar Movimento

Quando aumentar a distância na corrida?

Sente que os treinos estão ficando cada vez mais fáceis de completar? Talvez seja a hora de aumentar a distância na corrida. Entenda

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas