Cuidados com a pele no outono: o que você pode fazer em casa

11 de março, 2022

A cada nova estação do ano, nosso corpo reage de uma forma diferente, pedindo tratamento específico para que se mantenha saudável. No verão, por exemplo, sabemos que é hora de usar e abusar do protetor solar e água termal. Já no inverno, a maior aposta costuma ser o hidratante. Mas e quanto aos cuidados com a pele no outono?

Neste período, é comum acontecer uma diminuição na transpiração corporal, tanto da pele do rosto quanto do corpo, levando ao ressecamento e, consequentemente, à necessidade de cuidados específicos para evitar este problema.

Pensando nisso, a fisioterapeuta dermatofuncional Aline Caniçais, de São Paulo, indicou algumas orientações para manter a pele saudável durante o outono.

Por que a pele sofre durante esta estação?

A chegada do outono marca um período onde os termômetros tendem a marcar temperaturas mais baixas e o ar fica mais seco.

“Mesmo que a temperatura mais amena do outono seja boa para realizar tratamentos de pele, é preciso manter cuidados que mesclem a proteção contra raios solares, ventos frios e baixa umidade”, explica a profissional.

Leia também: Piores alimentos para a aparência e saúde da pele

Assim, é possível manter uma rotina de beleza em casa e manter a cútis saudável ao longo de toda esta temporada apenas seguindo algumas dicas simples de Aline.

3 cuidados com a pele no outono

Acredite: não é necessário adotar cuidados superespeciais para manter a pele saudável durante o outono. Basta apostar em algumas medidas simples em seu dia a dia, que isso já será possível!

Abaixo, Aline listou três dicas para por em prática:

Conheça o seu tipo de pele

Conhecer e escolher produtos indicados para seu tipo de pele é o primeiro passo para garantir um tratamento adequado e potencializar os resultados de acordo com as características da pele.

“Quando a escolha do produto é errada, os ativos trabalharão de forma contrária ao que a pele necessita, promovendo respostas inadequadas”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional.

Leia também: Luz azul do celular pode danificar a pele. Saiba como reverter

Evite banho muito quente e se hidrate bastante

Tomar banho com a água em temperatura muito alta no outono pode acabar retirando o manto hidrolipídico da pele.

“Trata-se de um hidratante produzido pelo próprio corpo, que atua como uma camada protetora e que, em sua falta, pode causar um ressecamento ainda maior”, aponta Aline.

Além disso, é comum não sentirmos tanta sede em dias com a temperatura mais baixa. Com o tempo seco, contudo, a hidratação se torna ainda mais necessária.

Mantenha o uso do protetor solar

Mesmo que não tenha tanto sol e a temperatura esteja mais baixa, ainda é fundamental manter o uso de protetor solar no dia a dia.

“A radiação ultravioleta, também no outono, provoca danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele, causando o aparecimento precoce de rugas e flacidez, além das manchas.”

Assim, orientação da profissional é para reaplicar o protetor de quatro em quatro horas em ambientes fechados e de duas em duas horas em locais com exposição direta ao sol, exceto nos momentos para sintetizar vitamina D.

Fonte: Aline Caniçais, fisioterapeuta dermatofuncional da empresa HTM, em São Paulo.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.