Covid e Fim de ano: FioCruz reforça a importância de medidas de prevenção

Saúde
19 de Dezembro, 2022
Covid e Fim de ano: FioCruz reforça a importância de medidas de prevenção

Natal, ano novo, viagens e férias são eventos que contam com aglomeração de pessoas e alívio das medidas de prevenção. Entretanto, a FioCruz faz uma alerta sobre a importância de manter os cuidados essenciais para evitar a covid no fim de ano. 

No último boletim Info Gripe divulgado pela FioCruz na última sexta-feira, o órgão recomenda que famílias fiquem atentas com aglomerações nas festas de Natal e Ano Novo. Ainda que em São Paulo e no Rio de Janeiro o número de casos de Covid-19 tenha diminuído, ainda não é o momento de relaxar. Isso porque, tradicionalmente, nos últimos dois anos, as festas de final de ano são responsáveis pelo aumento de infecções e superlotação de hospitais. 

Covid e Fim de ano 

De acordo com o boletim da FioCruz, ao todo, 21 das 27 unidades federativas do Brasil ainda registram crescimento no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Mesmo com o número em alta na população, o maior índice de crescimento foi registrado especialmente em adultos e idosos.

“Os dados referentes aos resultados laboratoriais por faixa etária apontam crescimento dos casos positivos para SARS-CoV-2 em todas as faixas etárias, com maior destaque na população adulta”, reforça o boletim.

Assim, segundo o levantamento, 94,8% dos casos são de pacientes que também testaram positivo para covid e outras doenças respiratórias, como por exemplo a influenza A, B e VSR, Vírus Sincicial Respiratório. O que merece uma atenção especial, já que além da Covid-19, outro vírus preocupa ainda mais os especialistas quando o alvo são as crianças.

É o VSR, Vírus Sincicial Respiratório, um dos principais causadores de infecções que afetam o trato respiratório de crianças menores de 2 anos de idade. Assim, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, o vírus também é responsável por até 75% das bronquiolites e 40% das pneumonias.  

Leia também: Importância da vacina para Covid: 63 mil idosos foram salvos em 2021

Medidas de prevenção recomendadas

Embora o esquema vacinal seja a melhor forma de reduzir os riscos, outras medidas associadas contribuem com a segurança dos encontros:

  • Realize um teste RT-PCR, antígeno ou autoteste três dias antes do encontro;
  • Confira se todos que participarão do encontro estão vacinados e, se não, mantenha distância de pessoas não imunizadas;
  • Evite ambientes de maior risco, como lugares fechados, com aglomeração de pessoas e que não exijam a vacinação completa;
  • Mantenha as celebrações em grupos pequenos, de preferência com famílias que já convivem no dia a dia;
  • Para elevar o nível de proteção, use máscara cobrindo nariz e boca em transportes públicos ou ambientes fechados e higienize as mãos sempre que possível.

Referências: FioCruz – Fundação Oswaldo Cruz. 

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

Cinco habitos
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Cinco hábitos indispensáveis para a saúde

Para iniciar uma mudança de comportamento, confira cinco atitudes simples para incorporar no dia a dia que trazem benefícios no futuro

Dengue e Covid
Saúde

Dengue e Covid-19: como diferenciar os sintomas?

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções por covid-19 no Brasil, sintomas geram muitas dúvidas. Veja diferenças