Como temperar feijão e deixar o alimento mais gostoso e nutritivo!

Alimentação Bem-estar Casa
07 de Abril, 2022
Como temperar feijão e deixar o alimento mais gostoso e nutritivo!

O cheirinho de feijão pronto na cozinha abre o apetite de qualquer um — principalmente se estivermos falando de um brasileiro. Apesar de o consumo de arroz e feijão ter reduzido entre os brasileiros nos últimos anos, a combinação ainda segue sendo a preferência da maioria, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Mas será que você sabe como temperar o feijão da forma certa?

Alguns passos precisam ser seguidos para que o alimento permaneça, ao mesmo tempo, saboroso e nutritivo ao final do preparo. De acordo com Flavia Costa, nutricionista e chef de cozinha, temperar o feijão de forma adequada ajuda a preservar as características da leguminosa. 

Acima de tudo, a profissional destaca: “É importante promover o equilíbrio entre os sabores dos temperos, para não comprometer o resultado final”. Além disso, ela faz questão de pontuar os cuidados que se deve ter ao manusear o sal. A Secretaria de Estado da Saúde alerta que a ingestão excessiva de sódio pode provocar problemas de saúde, inclusive o desenvolvimento de doenças crônicas.

Como temperar o feijão?

Ao cozinhar, o ideal é priorizar temperos naturais que potencializam os efeitos benéficos do feijão. Por exemplo:

  • Alho;
  • Azeite de oliva;
  • Sal;
  • Salsinha;
  • Cebolinha;
  • Coentro;
  • Louro.

Por outro lado, alguns condimentos devem ser evitados. “Todos os temperos prontos, industrializados”, defende Flavia. Ela explica que tais produtos possuem substâncias que são prejudiciais para a saúde. “O glutamato monossódico, por exemplo, está presente em abundância nestes temperos”, completa.

Leia mais: Como temperar carne? Colocar limão reduz a gordura?

Como preparar o feijão? 

Mesmo sendo um alimento do dia a dia, o preparo do feijão exige algumas técnicas indispensáveis. O remolho é uma delas. “O feijão, assim como outras leguminosas, possui algumas substâncias como os fitatos, que são indigestos e causam flatulência, dentre outros sintomas. Para que isso não ocorra, é indicado deixar de molho em água por 12 horas”, aponta a nutricionista.

Em seguida, basta descartar a água do remolho, lavar os grãos e colocá-los para cozinhar em água limpa. 

Caso você tenha esquecido de deixar o feijão de molho com antecedência, é possível ferventar (sem tampa) por 5 minutos, e depois deixar o feijão descansar na água que ferveu durante 1 hora.

Benefícios do feijão

Rico em diversos nutrientes, principalmente ferro, o feijão é um dos alimentos que mais atuam no combate contra a anemia. Ele pode ser consumido diariamente em porções de até 100 gramas. 

Fonte de proteínas e minerais, o feijão também ajuda no emagrecimento, contribui para o bom funcionamento do intestino e previne o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Fonte: Flavia Costa, nutricionista e chef de cozinha

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina