Como eliminar o culote? Veja dicas para se livrar da gordura localizada

Bem-estar Movimento
12 de Dezembro, 2022
Como eliminar o culote? Veja dicas para se livrar da gordura localizada

Basta colocar uma calça mais apertada para a o culote, aquela gordurinha que se acumula na lateral das coxas, aparecer. Incômodo para muitas pessoas — principalmente as mulheres — a dúvida é: como eliminar o culote?

Afinal, a gordura localizada exige paciência e disciplina para desaparecer. Para lhe ajudar a reduzir as medidas da região, Vitat reuniu dicas de experts na área de nutrição, treinamento e estética. Saiba mais a seguir!

Veja também: Como ganhar massa muscular nos braços? Especialistas dão dicas

Como eliminar o culote: déficit calórico é a chave

Você já deve ter ouvido por aí que os exercícios localizados ajudam a queimar a gordura de uma área específica. Antes de mais nada, saiba que isso é um mito: não é possível escolher qual gordura o corpo irá se livrar. Portanto, o emagrecimento ocorre de forma geral, por meio do déficit calórico.

“Ou seja, quando ingerimos uma quantidade menor de calorias do que o nosso corpo gasta em determinado período. Alinhado a treinos de hipertrofia, o déficit calórico é a melhor estratégia para eliminar gordura do corpo e, consequentemente, o culote”, explica o personal trainer Matheus Sarria

Alimentos que ajudam a eliminar o culote

Agora que você já sabe que a alimentação precisa somar menos calorias do que o corpo consome, é importante fazer escolhas mais sábias nesse sentido. De acordo com Fabiana Albuquerque, nutricionista da Nutrindo Ideais, a alimentação precisa ser balanceada, rica em vitaminas, minerais e alimentos antioxidantes e anti-inflamatórios.

“Por exemplo, cúrcuma, aveia, azeite de oliva extravirgem, frutas vermelhas, frutas cítricas, linhaça… Também devemos incluir frutas de baixo índice glicêmico, fibras, vegetais, proteínas e grãos integrais”, comenta.

O que evitar?

Não adianta apostar no déficit calórico, mas continuar consumindo determinados alimentos que favorecem o processo inflamatório e o inchaço. “É fundamental evitar alimentos de alto índice glicêmico, como farinha branca, açúcar, bebida alcoólica, frituras e alimentos industrializados e processados. Mesmo os industrializados considerados saudáveis são um alerta. Afinal, muitas vezes são ricos em sódio e conservantes, ajudando ainda mais a inflamar o corpo e, assim, mais gordura localizada”, orienta Fabiana.

Massa magra, aliada contra o culote

A dieta é um ponto essencial para perder peso e o culote. No entanto, o processo de emagrecimento precisa envolver o movimento. Dessa forma, é possível potencializar a queima de gordura e o ganho de massa muscular.

O aumento de massa magra auxilia na diminuição do percentual de gordura. Uma das estratégias mais utilizadas é o método circuito, em que se realiza  mais de 2 exercícios com pouco ou sem descanso algum entre eles. Outra tática é combinar esses exercícios de hipertrofia com exercícios cardiorrespiratórios, pois promovem um maior gasto calórico”, aconselha Sarria. 

Mas, por que a massa muscular é aliada contra o culote e a gordura em geral? Existem dois motivos principais. O primeiro é que os músculos precisam de mais energia para crescer e se manter.

Assim, o gasto calórico pode ser maior, mesmo em repouso. Além disso, “trocar” a gordura por músculos evita a flacidez, que também incomoda muita gente durante o emagrecimento.

E os tratamentos estéticos?

Às vezes, o combo dieta e exercícios pode demorar para entregar os resultados. Isso acontece por diversos motivos, sendo o biotipo um deles. Ou seja, algumas pessoas são mais propensas a acumular gordura em certas regiões do que outras.

Em casos que o culote insiste em permanecer, alguns tratamentos estéticos podem dar um empurrãozinho. “A criolipólise, que é um método não invasivo de congelamento de depósitos de gordura, é uma opção de tratamento interessante. O ultrassom micro e macrofocado age em camadas profundas auxiliando na melhoria do contorno corporal e qualidade de pele”, explica a cirurgiã plástica Luiza Coutinho.

Contudo, a médica reforça que as técnicas são recomendadas quando há pouca gordura localizada. “Se o culote tem acúmulo de gordura moderado a grave, somente a lipoaspiração proporciona resultados mais duradouros, principalmente associado a dieta e exercícios”, esclarece. 

Quanto às técnicas manuais, como a drenagem linfática e massagem modeladora, Luiza afirma que não existem evidências científicas sobre a eficácia no tratamento da gordura localizada. Em contrapartida, pontua que a vantagem desses tratamentos é a “melhora do aspecto da pele devido a diminuição do acúmulo de linfa, que ocorre muito nos membros inferiores”. 

Então, se você tem problemas com retenção de líquido, as sessões de massagem podem aliviar os desconfortos e até afinar a silhueta temporariamente.

Fontes: Fabiana Albuquerque, nutricionista da equipe Nutrindo Ideais (e especialista em nutrição esportiva e funcional – CRN 13101170; Matheus Sarria, personal trainer; e Luiza Coutinho, cirurgiã plástica e especialista em preenchimentos corporais.
Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor

prato conhecido como costelinha de milho, geralmente feito na air fryer
Alimentação Bem-estar Receitas

“Costelinha” de milho na air fryer fica uma delícia!

Apesar do nome "costelinha", o preparo é vegano -- o milho é o principal ingrediente, e fica pronto em poucos minutos na air fryer