Como é feita a bolacha de água e sal? Saiba se vale a pena consumir

3 de agosto, 2022

Prático e simples, o biscoito água e sal costuma ter um espaço reservado na despensa dos brasileiros. Além disso, o valor do alimento cabe no bolso das pessoas — apesar de ter subido 48,8% no último ano, segundo o Procon. De qualquer forma, alguns optam pelo produto por acharem que ele é uma opção saudável. Afinal, o biscoito é conhecido como “água e sal” — que mal poderia fazer, não é mesmo? Por isso, a nutricionista Camila Ferreira de Jesus explica como é feita a bolacha água e sal e mostra se vale a pena consumi-la.

Os dois itens responsáveis por darem nome ao biscoito são somente uma parcela de uma extensa lista de ingredientes que o compõem. Isso porque a nutricionista explica que o alimento é ultraprocessado. Além disso, a sua composição não oferece os nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo.

Como é feita a bolacha de água e sal?

biscoito água e sal
INGREDIENTES
FARINHA DE TRIGO ENRIQUECIDA COM FERRO E ÁCIDO FÓLICO, GORDURA VEGETAL (SOJA,PALMA), AMIDO DE MILHO, EXTRATO DE MALTE, AÇÚCARINVERTIDO, SAL, AÇÚCAR, FERMENTO BIOLÓGICO,FERMENTOS QUÍMICOS BICARBONATO DE SÓDIO (INS500ii), ACIDULANTE ÁCIDO LÁCTICO (INS 270),MELHORADOR DE FARINHA PROTEASE (INS 1101 I).ALÉRGICOS: CONTÉM DERIVADO DE TRIGO, SOJA ECEVADA. PODE CONTER LEITE, CENTEIO, AVEIA,AMENDOIM, CASTANHA-DE-CAJU. CONTÉM GLÚTEN.

Camila destaca, sobretudo, que o açúcar aparece mais de uma vez no rótulo, assim como os conservantes. “Essas substâncias têm relações com doenças metabólicas — por exemplo, obesidade e diabetes”, explica.

Existem benefícios no consumo?

Antes de mais nada, ao observar a composição nutricional do produto, é possível classificá-lo como um alimento de calorias vazias. Isto é : “um alimento que fornece apenas calorias para o corpo, mas nenhum nutriente que colabore com a saúde do indivíduo que o consome”.

Dessa forma, a profissional afirma que não há benefícios associados ao consumo da bolacha de água e sal e que, por isso, não recomenda a incorporação dela nas refeições diárias. “Alimentos que valem a pena inserir no nosso dia a dia são, acima de tudo, aqueles que contribuem para a nossa saúde. Via de regra, são alimentos in natura e minimamente processados”, declara.

Leia mais: Biscoito água e sal é mesmo saudável? Entenda

Vale a pena trocar o pão pelo biscoito água e sal?

AlimentoQuantidadeCaloriasCarboidratoProteínaGordura
Pão francês1 unidade (50g)150 Kcal30,84,9g1,1g
Biscoito água e sal5 unidades (35g)155Kcal24,53,8g5,0g

Em vez de comer um pão francês, por exemplo, há quem consuma um punhado de biscoitos água e sal por achar que está fazendo uma troca saudável. Entretanto, além dos malefícios associados à ingestão frequente da bolacha, como obesidade, diabetes, síndrome metabólica, dislipidemias e deficiências nutricionais, a quantidade de calorias se mostra maior para um menor nível de saciedade.

“Um pão francês de 50g, por exemplo, contém aproximadamente a mesma quantidade de calorias que apenas 5 unidades de biscoito água e sal. Primeiramente, do ponto de vista de volume, o pão é uma quantidade de alimento superior a 5 unidades de biscoito. Assim, isso, por si só, já leva a uma necessidade menor de consumo do pão, em detrimento do biscoito”, destaca.

Assim, a profissional instiga a reflexão de dois questionamentos: quanto um adulto precisa comer de biscoito para se sentir saciado? Afinal, quanto tempo dura essa saciedade?

Geralmente, é preciso comer uma grande quantidade de biscoitos para se sentir satisfeito. Assim, o consumo de calorias e gorduras fica bem maior quando comparado à ingestão do pão. Além disso, o pão possui fibras, nutriente essencial para a sensação de saciedade.

“Caso opte pelos biscoitos, em pouco mais de uma hora, o indivíduo já estará com fome novamente. Isso leva ao efeito beliscador ou à sobrecarga na próxima refeição. Já com o pão, por exemplo, temos uma saciedade mais favorável e uma variedade de opções para enriquecê-lo de nutrientes, como adicionar ovos, frango desfiado e azeite de oliva extravirgem, tornando a refeição completa”, esclarece.

Como substituir o biscoito água e sal?

Além dos próprios pães, existem outros alimentos que podem ser priorizados no lugar do biscoito. Assim, escolher carboidratos com alto valor nutritivo e boa capacidade de gerar saciedade é uma ótima estratégia. 

Camila indica o consumo de raízes, por exemplo, aipim, batata-doce e inhame. 

“São alimentos in natura, com excelentes quantidades de fibras, que irão colaborar com a saciedade e a saúde intestinal, fornecendo, sobretudo, nutrientes para as bactérias benéficas do nosso intestino”, finaliza.

Fonte: Camila Ferreira de Jesus, nutricionista, CRN-5: 11990

Descubra se seu peso está saudável Em minutos, você saberá se seu peso atual é saudável, com a ajuda grátis da Vitat.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.