Comer ameixa reduz risco de osteoporose, diz estudo

6 de abril, 2022

Se você sofre com prisão de ventre, provavelmente sabe que a ameixa é um alimento indicado para ajudar a regular o intestino e fazê-lo funcionar de maneira mais saudável. Entretanto, os benefícios da fruta não param por aí. Comer ameixa reduz o risco de osteoporose durante a menopausa, de acordo com um estudo recente.

Uma pesquisa feita pela Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, revelou que mulheres que consomem de seis a 12 ameixas secas por dia durante a menopausa têm a saúde dos ossos fortalecida. Ao que tudo indica, as substâncias presentes no alimento colaboram para o combate a inflamações relacionadas à osteoporose.

Durante a menopausa, o corpo da mulher passa por diversas transformações. Entre as maiores queixas, estão: irritabilidade, ondas de calor, diminuição da libido e dificuldade para emagrecer. Mas a chance de desenvolver osteoporose também cresce durante esse período. Isso acontece por conta da queda da produção do estrógeno — hormônio que protege os ossos da mulher.

O que é a osteoporose?

De acordo com o reumatologista André Ramos, “a osteoporose é uma doença que causa aumento da fragilidade do osso, o que deixa as pessoas mais predispostas a fraturas”.

Entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença estão: idade, ser do sexo feminino, sedentarismo, doenças inflamatórias e autoimunes, uso crônico de medicamentos, deficiência de cálcio e histórico familiar.

Geralmente, a pessoa que sofre com a osteoporose sente bastante dor nas articulações, além de ter fraqueza para levantar objetos ou até mesmo para se levantar de sofás e cadeiras, por exemplo.

Como prevenir?

Especialistas defendem que ter uma alimentação saudável, realizar exercícios físicos, se expor ao sol e ter um bom sono são essenciais na prevenção da osteoporose.

Além disso, alguns alimentos podem ser priorizados. Por exemplo: Leites e derivados, verduras verde-escuras (agrião, espinafre e brócolis) e oleaginosas (amêndoas, nozes e avelãs), além da própria ameixa.

Segundo Janhavi Damani, autora do estudo, “as ameixas podem ser uma intervenção nutricional promissora para prevenir o aumento de mediadores inflamatórios frequentemente observados como parte do processo de envelhecimento.”

Benefícios de comer ameixa para a osteoporose

Preta, amarela, vermelha, verde. Existem vários tipos de ameixa e cada uma delas possui benefícios específicos para a saúde. Mas, em resumo, a fruta facilita a digestão e protege a saúde da pele (por conter vitaminas anti-inflamatórias em sua composição).

Além disso, por ser rica em fibras, a ameixa é benéfica para a saúde do coração, colaborando no controle do colesterol. Já a presença de vitamina C e antioxidantes favorece e fortalece a imunidade.

Por fim, o cálcio encontrado em grandes quantidades na fruta garante maior força e densidade aos ossos. Tal componente explica o benefício de comer ameixa no intuito de evitar o surgimento da osteoporose.

Leia mais: Farinha de ameixa: Benefícios da alternativa low carb

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.