Canoa havaiana: o que é, benefícios e como funciona

13 de janeiro, 2022

Você já ouviu falar da canoa havaiana? Esse esporte se tornou muito popular entre pessoas que gostam de aventura e do mar. A modalidade é conhecida pela particularidade das canoas. Pois os praticantes têm a possibilidade de socializar e ainda apreciar as paisagens.

A canoa havaiana conta com uma embarcação a remo e um flutuador lateral para dar estabilidade aos praticantes. Assim, existem diferentes tipos de canoa, com lugares para apenas uma pessoas e até de 6 lugares.

Dessa maneira, a canoa havaiana foi criada há três mil anos, na Polinésia, região conhecida por agrupar ilhas do Pacífico, como o Havaí. Mas o esporte chegou no Brasil apenas nos anos 2000, pelo atleta de canoagem Fábio Paiva – responsável pela fabricação da primeira canoa havaiana nacional.

Se engana quem pensa que este esporte só trabalha os braços. Além disso, remar também ajuda a fortalecer as costas, ombros, pernas e glúteos.

Leia também: 5 esportes das Olimpíadas para você experimentar (e seus benefícios)

Benefícios

A prática da canoagem havaiana pode trazer diversos benefícios. Veja abaixo os principais. 

  • Melhora do condicionamento cardiovascular;
  • Fortalece os músculos;
  • Ajuda na resistência;
  • Melhora postura;
  • Melhora a autoestima e a socialização.

Como funciona a canoa havaiana

Quando falamos em canoa, logo as pessoas associam a canoagem – esporte olímpico muito popular. Mas a canoa havaiana não é tão semelhante quanto parece. Além do formato diferente, na canoa também tem o flutuador, objeto ligado ao banco onde os praticantes sentam. Assim, é essencial ter mais estabilidade durante a prática. 

Leia também: Brasil faz bonito nas Olimpíadas e bate recorde de medalhas

Neste tipo de esporte, os atletas podem trocar o lado da remada. Por exemplo, pode haver 10 remadas de um lado e depois 10 do outro, mudando os lados conforme o grupo estipular. Tudo depende da distância a ser percorrida.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Repórter