Boot camp: Os benefícios do treino que detona calorias

1 de agosto, 2019

Esqueça os treinos com mais de uma hora de duração para emagrecer e tonificar. O Boot camp chegou às academias brasileiras para quem tem pouco tempo na agenda e almeja resultados rápidos. 

Inspirada no treinamento militar americano, a modalidade promete levar o corpo ao limite em apenas 45 minutos de aula. Saiba mais como funciona o Boot camp e seus benefícios.

Como funciona

Organizada em forma de circuito com estações que duram até um minuto e meio com exercícios intensos (incluindo sprints de corrida que aceleram a frequência cardíaca), a aula de Boot camp é perfeita para quem quer emagrecer, ganhar condicionamento e resistência muscular. 

O motivo? A combinação matadora entre movimentos que trabalham todo o corpo e corrida em alta velocidade acelera o metabolismo. Dessa forma, além das calorias queimadas durante o treino, o corpo continua gastando energia horas depois. 

Similar ao Crossfit e ao treinamento funcional, o Boot camp pode utilizar uma série de equipamentos: aparelhos de musculação, barras, halteres, estepes, kettlebells e o próprio peso do corpo para realizar os movimentos do circuito. 

A parte militar entra justamente com os polichinelos, flexões, abdominais, corda naval, pneu… Tudo o que remete os intensos treinamentos americanos.

Leia também: Crossfit: Como funciona, benefícios e tipos de treinos

Para esse tipo de treinamento, não há uma regra para o número de repetições, como na musculação. O desafio está em fazer a maior quantidade possível dno intervalo proposto pelo professor. No entanto, para iniciantes, a dica é se atentar à qualidade do movimento. Ou seja, preocupe-se prioritariamente em conseguir executar o exercício com a postura correta antes de se aventurar na velocidade.

Benefícios do Boot camp

  • Resultados visíveis com pouco tempo de treinamento – em 45 dias já dá para notar diferenças na silhueta.
  • Aulas diferentes a cada dia, que desafiam os limites com estímulos variados.
  • Trilha sonora animada.
  • Ganho de resistência muscular.
  • Perda de gordura e medidas.
  • Melhora do condicionamento físico.
  • Pode ser feito por qualquer pessoa, pois há a possibilidade de adaptar os exercícios se houver limitação física. 
  • Por ser uma aula coletiva, ajuda a dar mais motivação.
  • Como toda atividade física, traz sensação de bem-estar, energia e disposição.
  • Traz disciplina e vontade de se superar a cada treinamento.

Quais as diferenças do Boot camp e o Crossfit?

Apesar de serem parecidos, enquanto o Crossfit foca mais em uma certa interação entre os participantes, o boot camp tende a priorizar a superação dos limites individuais de cada aluno.  O crossfit não segue um padrão de treinos, a cada dia é executado um programa diferente. Já o Race Bootcamp segue um, ou seja, apesar de mudar as capacidades físicas a serem exploradas em cada aula, o todo é sempre igual. 

Dicas e cuidados

  • Antes de começar a se exercitar, procure um médico e faça um check-up. Exames básicos são importantes para identificar problemas de saúde. 
  • Respeite seus limites. É normal que as primeiras aulas sejam mais cansativas, então descanse sempre que precisar recuperar o fôlego. 
  • Preze primeiro pela qualidade em vez da quantidade. Aprender a fazer os movimentos evita lesões e recruta a musculatura correta sem sobrecarregar o corpo. 
  • Assiduidade é o segredo do resultado. Faça de duas a três aulas por semana, sempre seguindo a recomendação de seu treinador para periodizar os treinos corretamente.
  • O treino não é indicado para quem tem pressão baixa, está grávida, tem problemas em articulações ou sofre de labirintite. Sedentários e iniciantes também devem tomar cuidado para não se machucarem. 

Fonte: Vanessa Furstenberger, educadora física, personal trainer e fitness coach. 

Leia também: Treinamento funcional: O que é e como fazer

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.