Pêssego: Benefícios e propriedades da fruta

14 de agosto, 2019

Para quem não resiste a um pêssego, aquela fruta de apenas 50 calorias, as notícias são boas. Além de saboroso, ele traz diversos benefícios para a saúde, da pele ao olhos. 

Os pêssegos são um membro da família de frutas de caroço, juntamente com nectarinas, ameixas, damascos e cerejas. Além disso, é rico em nutrientes e vitaminas, e pode ser consumido in natura, com iogurte, em forma de suco, em calda e no preparo de molhos, geleias e sobremesas. Assim, confira alguns motivos para incluir essa maravilha em seu cardápio diário:

Pêssego: Benefícios e propriedades da fruta

Auxilia a digestão

Um pêssego médio fornece quase 10% da meta mínima diária de fibra. Ou seja, além de prevenir a constipação e apoiar a boa saúde digestiva, a fibra ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Além disso, a fruta contém prebióticos, que alimentam bactérias benéficas no intestino ligadas a antiinflamação e ao humor.

Pêssego melhora a imunidade

Ele é rico em vitamina C, e vários tipos de células imunes precisam desse nutriente para sua produção, função e proteção. Já a vitamina A do pêssego ajuda a formar as membranas mucosas em seu trato respiratório que funcionam como barreiras de proteção para manter os germes fora da corrente sanguínea. Assim, os pêssegos também aumentam a imunidade por meio de suas propriedades antimicrobianas naturais.

Cuida da pele

Além de seus antioxidantes anti-inflamatórios, os pêssegos têm betacaroteno e vitamina C para manter a pele saudável. Pois, o betacaroteno, um precursor da vitamina A, ajuda a proteger a pele dos danos do sol, aquece o tom da pele e cria um brilho natural. A vitamina C é necessária para construir o colágeno, melhorar a elasticidade da cútis e afastar a flacidez. Além disso, a fruta é hidratante, pois mais de 85% de um pêssego fresco é água.

Pêssego protege os olhos

A luteína e a zeaxantina nos pêssegos ajudam a proteger a retina e o cristalino. Além disso, reduzir o risco de degeneração macular e catarata, dois distúrbios oculares comuns.

Ajuda no emagrecimento

Pesquisas recentes mostram que compostos bioativos do pêssego têm propriedades anti-inflamatórias e anti-obesidade. Dessa maneira, sua capacidade de ajudar a regular os níveis de açúcar e insulina no sangue e sua rica composição em fibras e água também o torna uma escolha inteligente para o controle de peso.

Turbina o cérebro

Os antioxidantes encontrados nos pêssegos combatem o estresse oxidativo, que é um desequilíbrio entre a produção de radicais livres nocivos às células e a capacidade do organismo de combater seus efeitos nocivos. Assim, é fundamental para a saúde do cérebro, já que o estresse oxidativo é conhecido por ser um fator causador de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer.

Pêssego controla a pressão sanguínea

O potássio presente em sua composição ajuda a regular a pressão arterial, agindo como um diurético natural para eliminar o excesso de sódio e fluidos. Dessa forma, alivia a pressão sobre o coração e as artérias e, de bônus, alivia o inchaço.

Leia também: 5 benefícios do morango

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.