Beber álcool menstruada faz mal? Aumenta o fluxo?

Alimentação Bem-estar Saúde
16 de Junho, 2023
Beber álcool menstruada faz mal? Aumenta o fluxo?

O período menstrual está longe de ser um mar de rosas. Pelo menos para a maioria das mulheres, essa é a fase mais tensa do mês, marcada por momentos de estresse, mau humor e até mesmo alguns picos mais sensíveis, com choro livre. Na tentativa de amenizar a gangorra de emoções do período menstrual, algumas mulheres tendem a investir em bebidas alcoólicas. Mas será que beber álcool menstruada faz mal? Aumenta o fluxo?

Para responder essas e outras perguntas, a Vitat conversou com a Dra. Yara Caldato, médica ginecologista regenerativa e funcional. 

Beber álcool menstruada faz mal?

Segundo a médica, o consumo de álcool moderado não impacta na intensidade dos sintomas ou na duração do fluxo menstrual. O problema está no consumo excessivo, que pode sim ter efeitos negativos na saúde geral, incluindo o sistema reprodutivo.

Ela explica que, embora os efeitos variem de pessoa para pessoa, o álcool pode afetar os níveis hormonais, interferindo na função ovariana e na regulação hormonal, o que pode potencialmente levar a alterações no ciclo menstrual. Além disso, o álcool pode contribuir para a desidratação, o que leva ao agravamento dos sintomas pré-menstruais, como alterações de humor, cólicas, inchaço e cãibras. Confira mais detalhes à seguir: 

Efeitos do excesso de álcool no fluxo menstrual

Cólicas menstruais mais fortes

Beber álcool menstruada pode aumentar a intensidade das cólicas em algumas mulheres. Isso acontece porque a bebida tem propriedades vasodilatadoras, o que pode levar ao relaxamento dos músculos uterinos e aumentar a dor das cólicas.

Alterações de humor

O álcool atua como um depressor do sistema nervoso central e pode afetar o equilíbrio químico do cérebro. Portanto, durante o período menstrual, quando as flutuações hormonais já podem afetar o humor, o consumo de álcool pode aumentar ainda mais essas alterações. Além disso, o álcool pode contribuir para a desidratação, o que pode agravar a irritabilidade e o cansaço associados ao período menstrual.

Síndrome pré-menstrual (SPM)

Algumas mulheres experimentam a síndrome pré-menstrual, que envolve uma variedade de sintomas físicos e emocionais antes do início da menstruação. Nesse sentido, o consumo de álcool pode agravar os sintomas da SPM, como irritabilidade, ansiedade, depressão, fadiga e retenção de líquidos.

Beber álcool menstruada faz mal: Afeta a saúde em geral

Como os efeitos podem se manifestar ou não no organismo de cada mulher, é provável que você não tenha esses desconfortos causados pelo excesso de álcool. Porém, vale tomar cuidado com a quantidade de doses ingeridas. Isso porque o consumo excessivo pode trazer prejuízos à saúde, incluindo o sistema reprodutivo. 

Além disso, o risco de cirrose, hepatite alcoólica e até danos cerebrais podem acometer pessoas que exageram no consumo de álcool.

Portanto, o álcool não é uma solução eficaz para o alívio dos sintomas menstruais. Na verdade, pode piorar os sintomas e afetar negativamente o bem-estar geral. Então, via de regra, a recomendação é evitar o consumo para que o desconforto não seja ainda maior.

Veja também: Gravidez após aborto espontâneo: saiba como retomar as tentativas

Outros fatores que influenciam o fluxo menstrual (aumentando ou diminuindo)

Algumas condições – pré-estabelecidas ou casuais – podem impactar a menstruação, o que é traduzido no aumento ou redução do fluxo. Confira quais são eles:

  • Desequilíbrios hormonais: Flutuações nos níveis hormonais, como altos níveis de estrogênio em relação à progesterona, podem resultar em um fluxo menstrual mais intenso. Alterações hormonais também podem ocorrer devido a distúrbios da tireoide ou síndrome dos ovários policísticos, afetando o padrão do fluxo menstrual.
  • Contraceptivos hormonais: O uso de contraceptivos hormonais, como pílulas anticoncepcionais ou dispositivos intrauterinos liberadores de hormônios, pode afetar o fluxo menstrual. Algumas mulheres podem experimentar um fluxo mais leve ou até mesmo ausência de menstruação enquanto estão usando esses métodos.
  • Fatores nutricionais: Uma dieta pobre em nutrientes essenciais, como ferro, vitamina B12 e ácido fólico, pode afetar a regularidade e intensidade do fluxo menstrual. Deficiências nutricionais podem resultar em um fluxo mais leve ou irregular.

Mais fatores que influenciam o fluxo menstrual

  • Exercício físico intenso: Exercícios físicos intensos e atividades atléticas de alto impacto podem interferir no equilíbrio hormonal e afetar o ciclo menstrual. Em alguns casos, isso pode levar a um fluxo mais leve ou até mesmo a ausência de menstruação temporária, conhecida como amenorreia induzida pelo exercício.
  • Estresse: Altos níveis de estresse podem afetar o ciclo menstrual. O estresse crônico pode levar a desequilíbrios hormonais, alterando o fluxo menstrual. Isso pode resultar em um fluxo mais intenso ou irregular.
  • Condições de saúde subjacentes:Certas condições de saúde, como miomas uterinos, endometriose, doença inflamatória pélvica ou distúrbios de coagulação do sangue, podem influenciar o fluxo menstrual. Essas condições podem causar um fluxo mais intenso, prolongado ou irregular.

Por fim, vale reforçar que o consumo moderado de álcool não apresenta riscos. Além disso, cada pessoa pode responder de forma diferente à ação do álcool. Portanto, se você tiver preocupações sobre o seu fluxo menstrual, procure orientação médica para avaliar qualquer condição subjacente e receber aconselhamento adequado.

Fonte: Dra. Yara Caldato, médica ginecologista regenerativa, funcional e estética, afiliada do Instituto Nutrindo Ideais de Belém.

 

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

foto de um prato colorido com legumes, salada e grãos
Alimentação Bem-estar Receitas

Encontrar receitas vegetarianas é difícil para você? Veja 20 opções!

Aqui na Vitat, você consegue encontrar inúmeras opções de receitas vegetarianas para variar o seu cardápio. Separamos algumas, confira!

5 benefícios da banana
Alimentação Bem-estar

5 benefícios da banana para os atletas

Liberação gradual de energia e recuperação muscular são alguns dos benefícios. Veja outros!

Ozempic e anticoncepcional
Saúde

Ozempic pode cortar o efeito do anticoncepcional? Médica explica

Nas redes sociais, não faltam relatos sobre o efeito do Ozempic no aumento da fertilidade