Base com formol fortalece as unhas? Pode usar?

29 de março, 2022

Na busca por garras firmes e longas, com certeza você já ouviu falar sobre o uso de base com formol para fortalecer as unhas. Inclusive, até receitas caseiras de mistura da substância são super comuns na internet. Mas, será que essa prática é recomendada. Ou o formol faz mal?

Base com formol faz mal para as unhas

Em primeiro lugar, é bom saber que o formol é uma substância tóxica. Portanto, não deve ser usado nas bases para fortalecer a unha sem orientação médica. Mas, então, porque tanta gente usa?

O formol é um composto químico bastante utilizado para fabricação de plásticos, resinas, tecidos, materiais de construção, cosméticos, medicamentos, solventes, antissépticos, etc. “No caso dos cosméticos para unhas, tem sido usado como conservante e como agente endurecedor das unhas, dependendo da concentração no produto (que varia entre 0,2% e 5%, de acordo com o permitido pela ANVISA)”, diz o dermatologista Miguel Ceccarelli, do Rio de Janeiro. 

Como agente endurecedor, ele aumenta a ligação das proteínas que formam as unhas (chamadas de queratina). “Ele enrijece as unhas por meio da perda de água. Ou seja, desidratando as unhas”, explica a dermatologista Lívia Maria Camargo, também do Rio de Janeiro. 

Assim, de início, realmente há um enrijecimento. Porém, com o passar do tempo – e o uso contínuo da substância -, a unha tende a ficar exageradamente dura e, por isso, quebra com facilidade. Os efeitos demoram a ir embora, já que as unhas das mãos e pés  tem um crescimento lento.

Outros malefícios do formol

A substância tem alto poder irritativo, o que pode causar alergias. “É uma queixa comum no consultório”, observa Miguel. “O leito embaixo da unha e a pele ao redor dela podem absorver substâncias do esmalte e, com isso, resultar em coceira, dor, inchaço, vermelhidão e descamação nas unhas e dedos em algumas pessoas”, completa o médico.

Para quem ainda não se convenceu a não usar o formol, é bom saber que ele é considerado uma substância cancerígena pelo OMS (Organização Mundial de Saúde). 

Leia também: Dermatologista explica por que você não deve tirar a cutícula

Como fortalecer as unhas?

Você não precisa usar base com formol. Existem maneiras mais saudáveis de conseguir garras fortes. Comece pela alimentação: é essencial manter uma dieta rica em vitaminas e nutrientes. Os mais importantes para essa finalidade são o ômega-3, vitaminas do complexo B, vitamina C, ferro e zinco.

Também vale procurar um dermatologista, pois há tratamento para unhas frágeis. “O mais importante é manter as mãos afastadas de produtos químicos – para isso recomendo muito o uso de luvas durante a manipulação deste no trabalho e em casa – e não só durante durante o momento de lavar a louça”, recomenda Miguel. Com esse cuidado, aliado à hidratação das mãos e unhas, já é possível observar a melhora da saúde das unhas e a diminuição da quebra e descamação. Além disso, também podem ser usados outros tipos de bases protetoras e esmaltes sem formol na fórmula, amplamente disponíveis no mercado ou em farmácias de manipulação.  

Fontes: Lívia Maria Camargo, dermatologista especializada em dermatologia, estética, tricologia, laser e cirurgia dermatológica, e Miguel Ceccarelli, dermatologista preceptor do Ambulatório de Doenças das Unhas do serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto – UERJ

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.