Baixa libido em homens pode aumentar risco de morte, sugere estudo

Saúde
21 de Dezembro, 2022
Baixa libido em homens pode aumentar risco de morte, sugere estudo

A baixa libido em homens parece não afetar apenas a vida sexual. Cientistas japoneses descobriram que a falta de vontade de fazer sexo pode colaborar para o desenvolvimento de algumas doenças graves. Além disso, a situação pode interferir até mesmo no humor do indivíduo.

Veja também: Afinal, chocolate amargo faz bem para a saúde?

Como a baixa libido em homens aumenta o risco de morte prematura?

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores da Universidade de Yamagata acompanharam 7.668 homens e 11.386 mulheres com mais de 40 por um período de 7 anos.

O monitoramento envolvia check-ups anuais e o preenchimento de questionários sobre hábitos e estilo de vida. Por exemplo, perguntas sobre uso contínuo de medicamentos, ingestão de bebidas alcoólicos e consumo de cigarro. Além disso, os voluntários precisavam responder sobre o interesse sexual. Contudo, a pergunta sobre o tema era muito limitada: “atualmente, você tem algum interesse por pessoas do sexo oposto?”. Ou seja, as pessoas podiam responder apenas “sim” ou “não”. Então, o achado foi restrito a pessoas heterossexuais.

Como resultado, os pesquisadores observaram que homens com baixa libido apresentavam, 1,94 vezes de risco de serem vítimas de câncer. Para doenças cardíacas, a chance era 1,36 maior.

O desfecho estatístico se baseou nas mortes dos participantes enquanto ocorria o acompanhamento. Ao todo, 503 pessoas morreram de câncer, enfermidades cardiovasculares e outras causas não especificadas.

No entanto, a parcela de homens que vieram a óbito tinham algo em comum. Eles relataram baixa libido, mas também admitiram o consumo de álcool, cigarro e eram menos alegres.

Baixa libido não é a única responsável

Embora não tenha ficado claro no estudo, outros fatores podem influenciar a baixa libido em homens. Principalmente na população japonesa, que possui uma cultura diferente em relação aos relacionamentos e estilo de vida em geral. Dessa forma, a falta de interesse sexual pode impulsionar mortes precoces, mas porque outros fatores vieram antes do problema.

Depressão, estresse, abuso de substâncias químicas e pouca interação com o sexo oposto (já que o estudo focava apenas em relações heterossexuais, apesar da amplitude das relações) podem impactar na vontade de fazer sexo.

Então, do ponto de vista mais abrangente e pensando em outros povos, é importante entender os motivos que levam ao alto ou baixo interesse sexual, assim como hábitos que podem estar associados a doenças graves.

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

vitamina B e dengue
Saúde

Vitamina B previne a picada do mosquito da dengue?

Sem comprovação científica, a técnica popular pode levar a população a uma falsa sensação de segurança

Efeitos da vacina de Covid
Saúde

Efeitos da vacina da Covid: primeiro grande estudo mostra resultados

Segundo estudo, os efeitos da vacina são menores do que a infecção pela doença

disuria
Saúde

Disúria: entenda as causas, sintomas e tratamentos da dor ao urinar

O sintoma, popularmente chamado de dor ao urinar, pode ter diversas causas, sendo a infecção urinária a principal