Quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez?

Gravidez e maternidade Saúde
10 de Outubro, 2023
Quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez?

Na maioria das vezes, o atraso menstrual é o fator responsável por despertar a dúvida “Será que estou grávida?”. Não por acaso, esse é o sintoma mais evidente de que a mulher pode estar esperando um bebê. Contudo, em outros casos, a ausência da menstruação pode indicar situações pontuais que não representam riscos, ou até mesmo condições de saúde mais sérias, como hipotiroidismo. Saiba mais a seguir!

Veja também: Beber álcool menstruada faz mal? Aumenta o fluxo?

Quando o atraso menstrual pode indicar gravidez? 

A suspeita de gravidez é um tema que mexe com as emoções da mulher e pode despertar medo, ansiedade e estresse. Mas antes de considerar essa possibilidade, é importante entender como o nosso ciclo menstrual funciona. 

Todos os meses a parte interna do útero desenvolve uma camada espessa e rica em vasos sanguíneos para acolher um feto. No entanto, quando não há fecundação, essa camada é expelida com coágulos de sangue: a menstruação. Ou seja, o atraso na menstruação pode sinalizar que esse revestimento está sendo utilizado na preparação da gestação.

No entanto, a dúvida quanto a gravidez deve se fortalecer a partir de um atraso menstrual de 7 dias, como aponta a Dra. Isabela Nelly Machado, ginecologista, obstetra e coordenadora do Departamento Científico de Ginecologia e Obstetrícia da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas. 

Nesse sentido, vale considerar que, em média, um ciclo menstrual tem duração de 28 dias. Contudo, essa duração pode ser relativa de mulher pra mulher. Como cada mulher possui o seu padrão de ciclo menstrual, é importante se manter atenta aos sinais do corpo nos próximos dias, principalmente se houver demais sintomas como enjoo, cansaço e sono persistente. 

Quais fatores podem provocar atraso menstrual?

A ausência de menstruação exige um diagnóstico clínico apurado, já que diversas outras condições de saúde, além da gravidez, estão relacionadas com esse mesmo sintoma. A seguir, conheça quais são elas:

  • Síndrome dos ovários policísticos; 
  • Estresse;
  • Amenorreia;
  • Transtornos alimentares;
  • Prática de exercício físico intenso;
  • Alterações da tireoide; 
  • Uso de medicamentos;
  • Doenças do aparelho reprodutor;
  • Alterações no funcionamento do cérebro.

Quando procurar ajuda médica? 

Descartando a possibilidade de gravidez através de testes, de urina ou de sangue, a mulher deve buscar apoio médico ginecológico em 90 dias ou se notar uma mudança súbita no padrão da menstruação. Nesse tempo, algumas medidas podem contribuir para o reequilíbrio do ciclo menstrual, como por exemplo, adotar uma alimentação mais saudável (e leve) e  minimizar o esforço do treino.

Lembre-se que a análise clínica é essencial para identificar a causa da falta de menstruação, complementando o diagnóstico com exames médicos hormonais, de imagem e de urina.

 

Fonte: Dra. Isabela Nelly Machado, ginecologista, obstetra e coordenadora do Departamento Científico de Ginecologia e Obstetrícia da SMCC – Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas.

Manual MSD Saúde

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte

Reynaldo Gianecchini
Saúde

Reynaldo Gianecchini revela diagnóstico de doença autoimune

A síndrome de Guillain Barré causa fraqueza e dificuldades para mover os braços e as pernas