Aspergilose: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Saúde
28 de Junho, 2022
Aspergilose: tudo o que você precisa saber sobre a doença

Você já ouviu falar em aspergilose? Pois bem, essa doença, mais comum do que se pensa, é causada por um fungo e pode trazer uma série de complicações, principalmente em pessoas com imunossupressão. Hoje, vamos entender um pouco mais sobre ela, seus sintomas e formas de tratamento. 

O que é aspergilose? 

“A aspergilose é uma doença causada pelo Aspergillus, um tipo de fungo que vive em ambientes fechados e ao ar livre”, explica a Dra. Aline Scarabelli. “Sendo assim, a maioria das pessoas inala esporos de Aspergillus todos os dias sem adoecer. Entretanto, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou doenças pulmonares correm maior risco de desenvolver problemas de saúde por causa dele.”

Além disso, outro ponto importante é que essa doença possui, sim, diferentes tipos, que podem se manifestar de maneiras diferentes. Conheça um pouco mais sobre cada um deles abaixo: 

  • Aspergilose broncopulmonar alérgica: ocorre quando o Aspergillus coloniza (está presente, mas não causa infecção) os pulmões de pessoas com doenças preexistentes (como asma ou fibrose cística). Após isso, desenvolve sintomas como tosse e chiado no peito.
  • Aspergiloma ou bola fúngica: ocorre quando o Aspergillus forma uma massa, que cresce geralmente nos pulmões e seios paranasais de forma lenta e gradual, mas, geralmente não se espalha para outras partes do corpo.
  • Aspergilose pulmonar crônica: ocorre quando a infecção por Aspergillus causa cavidades nos pulmões e pode ser uma condição de longo prazo (3 meses ou mais). Um ou mais aspergilomas também podem estar presentes nos pulmões.
  • Aspergilose invasiva: ocorre quando o Aspergillus causa uma infecção grave de forma generalizada que, geralmente, afeta pessoas com sistema imunológico enfraquecido, como transplantados de órgãos sólidos ou de medula óssea e pessoas com AIDS.
  • Aspergilose cutânea (pele): Neste caso,ocorre quando o Aspergillus entra no corpo através de uma ruptura na pele, (por exemplo, após uma cirurgia ou queimadura) e causa infecção, geralmente em pessoas com sistema imunológico enfraquecido. Além disso, a aspergilose cutânea também pode ocorrer se a aspergilose invasiva se espalhar para a pele de algum outro lugar do corpo, como os pulmões.

Como a aspergilose é contraída e quais são os seus sintomas? 

A aspergilose é uma doença que não se espalha entre pessoas ou entre pessoas e animais. Por outro lado, a principal forma de contraí-la é inalando esporos microscópicos de Aspergillus do ambiente”, explica a médica.

Ou seja, é praticamente impossível saber se um ambiente está, ou não, infestado de esporos de Aspergillus. Por isso, que essa é uma condição que costuma acometer mais pessoas com o sistema imunológico comprometido ou que já lidam com doenças pulmonares. 

Ainda assim, é importante ficar atento aos sintomas, mesmo que a própria doença possa se manifestar de formas diferentes. Os mais comuns são: 

  • Chiado
  • Falta de ar
  • Tosse
  • Febre
  • Coriza
  • Dor de cabeça
  • Capacidade reduzida de olfato
  • Fadiga
  • Falta de ar

Leia mais: Afinal, o que é pneumonia?

Quais são as formas de tratamento? 

O tratamento está relacionado ao tipo específico de infecção, por isso é importante buscar atendimento médico qualificado. Já os medicamentos e o tempo de tratamento variam e devem ser prescritos de forma individual. 

“É feito com antifúngicos, tais como itraconazol, voriconazol, posaconazol, anfotericina B, caspofungina e micafungina. Em alguns casos, o paciente pode necessitar de cirurgia”, finaliza a infectologista. 

Fonte: Dra. Aline Scarabelli, infectologista e consultora médica do Labi Exames

Referência: Ministério da Saúde

simple_shortcode id=script_materia_interna

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

Cinco habitos
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Cinco hábitos indispensáveis para a saúde

Para iniciar uma mudança de comportamento, confira cinco atitudes simples para incorporar no dia a dia que trazem benefícios no futuro

Dengue e Covid
Saúde

Dengue e Covid-19: como diferenciar os sintomas?

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções por covid-19 no Brasil, sintomas geram muitas dúvidas. Veja diferenças