Alimentos com poucas calorias que você deve incluir na dieta

22 de July, 2022

Seja para perder peso ou ganhar massa muscular, os alimentos com poucas calorias são grandes parceiros daqueles que prezam por uma alimentação saudável. Eles costumam ser ricos em fibras e água, dois componentes essenciais para o bom funcionamento do organismo. Além disso, eles causam uma sensação maior de saciedade, mesmo com um baixo teor calórico. Assim, a nutricionista Aline Barros explica os benefícios de tais itens e como incluí-los nas refeições.

Antes de mais nada, vale entender o que, de fato, são as calorias. “É uma medida de energia. Então, quando dizemos que um alimento possui baixa quantidade de calorias, quer dizer que eu não exijo muito em termo de liberação e gestão”, esclarece.

A especialista também pontua que esses alimentos são ricos em fibras, água, vitaminas e minerais. Justamente por isso, eles podem fazer parte do cardápio alimentar tanto de quem deseja emagrecer quanto de um indivíduo com o objetivo de hipertrofia, por exemplo. “Além disso, os alimentos de baixa caloria têm um baixo teor de carboidrato e gordura”, completa.

Alimentos com poucas calorias: opções

De acordo com Aline, as baixas calorias podem ser vistas, principalmente, em verduras, folhas e leguminosas, além de algumas frutas. Segundo a profissional, estes alimentos possuem uma energia mais baixa. Veja algumas opções:

  • Morango (100g – 30kcal);
  • Tomate (100 g – 18kcal);
  • Melancia (100g – 30kcal) ;
  • Abóbora (100g – 26kcal);
  • Berinjela (100g – 25kcal);
  • Chuchu (100g – 19kcal);
  • Cogumelos (100g – 22kcal);
  • Melão (100g – 34kcal);
  • Abobrinha (100g – 17kcal).

Leia também: Quantas calorias devo comer no café da manhã?

Como incluir?

As frutas podem ser inseridas no lanche da manhã ou da tarde, por exemplo. As opções ricas em água são as mais indicadas. Além disso, Aline recomenda que frutas como maçã sejam consumidas com a casca, enquanto a laranja, com o bagaço. Ela ainda sugere a adição de um pouco de farelo de aveia às preparações.

Nas demais refeições, é a vez de verduras e legumes ganharem espaço no prato. “Os verdes, preferencialmente crus, no almoço e no jantar, dão um equilíbrio melhor em termos de quantidade de energia”, afirma.

Além disso, se você tem o costume de “beliscar” em alguns momentos do dia, vale investir em um desses alimentos com poucas calorias. Assim, o consumo não vai impactar de forma negativa na alimentação como um todo. Alguns profissionais recomendam, inclusive, comprar tomatinhos-cereja e comê-los naqueles momentos de fome repentinos.

Benefícios

Além de gerar bastante saciedade, esses alimentos também auxiliam, sobretudo, na melhora da microbiota intestinal e no fortalecimento do sistema imunológico. “Isso acontece porque as fibras presentes neles proporcionam um esvaziamento gástrico mais lento, trazendo ainda, a sensação de saciedade pós-refeição”, diz.

Também é importante lembrar que uma alimentação saudável e nutritiva deve ser rica em frutas, verduras e legumes — opções que fazem parte da lista de alimentos com poucas calorias.

Fonte: Aline Barros, nutricionista especialista em emagrecimento e fitoterapia.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.