Alimentos azedos e amargos tiram a vontade de comer doce?

Alimentação Bem-estar
20 de Junho, 2022
Alimentos azedos e amargos tiram a vontade de comer doce?

Se você é do time das sobremesas e não pode ver um chocolate que já quer devorá-lo, com certeza já deve ter ouvido várias formas e indicações de como diminuir esse desejo. Há quem diga que consumir alimentos azedos e amargos ajuda a tirar a vontade de comer doce. Mas será que essa tática realmente funciona? A nutricionista esportiva e funcional Vitoria Campanholi explica se essa é uma prática eficaz e como fazê-la de maneira saudável.

De acordo com a especialista, comer alimentos azedos e amargos auxilia na redução da vontade de doces. Isso porque o paladar passa a ser mais sensível a pequenas doses de dulçor. “Assim, requer menos açúcar ou estimulantes de papilas para sinalizar a percepção do sabor. Logo, naturalmente, essa pessoa vai ter o hábito de comer menos açúcar”, completa.

Entretanto, ela explica que, caso a pessoa volte a ingerir grandes quantidades de açúcar, a referência dessas doses elevadas volta e, por consequência, as papilas ficam menos sensíveis. Dessa forma, o desejo por doces passa a ser intenso e constante novamente. “Ou seja, doce não é o problema, e sim, a forma como lidamos com ele”, defende.

Como inserir mais alimentos azedos e amargos?

Alimentos azedos e amargos não costumam ser tão convidativos quanto preparações açucaradas. Mas, na verdade, é preciso entender que tudo é uma questão de acostumar o paladar. Vitória indica a introdução de opções estratégicas no cardápio do dia a dia para que, aos poucos, você encontre prazer em consumir tais alimentos. Confira algumas orientações:

  • Tomar uma xícara de café preto sem açúcar pela manhã (caso não consiga beber dessa forma, vá diminuindo aos poucos a adição de açúcar);
  • Troque o chocolate da sobremesa carregado de açúcar por uma opção com um teor mais elevado de cacau, evoluindo a partir de 40%;
  • Aposte em saladas mais amargas, por exemplo, rúcula e agrião;
  • Temperos como vinagre e limão também são bem-vindos;
  • Introduza ao menos uma xícara de chá ao longo dia. Exemplos: hibisco, chá verde, carqueja, dente-de-leão e boldo;
  • Consuma frutas mais azedas (maracujá, limão, frutas vermelhas, acerola, etc).

Por que sinto muita vontade de comer doce?

Além disso, é importante entender os motivos pelos quais a vontade de comer doce pode ser tão presente para algumas pessoas. “Ela surge devido a um processo biológico. Ao ingerir alimentos ricos em açúcar, gordura ou cafeína, o organismo libera substâncias que geram satisfação. São elas: serotonina e dopamina”, pontua.

Tais hormônios ajudam a combater o estresse e, por isso, quando a prática de comer doce se torna regular, o desejo de experienciar essa sensação repetidas vezes cresce e, assim, a vontade de comer doce passa a ser frequente e excessiva.

Alterações emocionais ao longo do dia fazem com que a busca por um momento de bem-estar cresça e, nesse momento, muitas pessoas recorrem ao prazer momentâneo oferecido pela ingestão de doces. Entretanto, existem outras formas mais saudáveis e efetivas de regular a concentração de cortisol (hormônio do estresse) no sangue e manter-se bem sem a necessidade de grandes doses de açúcar.

“Optar sempre por uma alimentação cada vez mais equilibrada, saudável, rica em vitaminas e minerais, para trabalhar a redução da inflamação do nosso organismo. Além de procurar auxílio em outras áreas da saúde, através da terapia, psicologia, atividades físicas, a fim de proporcionar a homeostase corporal”, indica a nutricionista.

Leia também: Comer muito doce pode causar tontura; riscos e como evitar

Consequências de comer muito doce

Apesar de causar boas sensações no corpo, comer muito doce pode trazer malefícios a longo prazo para a saúde. Isso porque os altos índices de açúcar são responsáveis pelo desenvolvimento de diversas doenças, como diabetes, obesidade e insônia

Além disso, a profissional ainda explica que tais alimentos geram um maior acúmulo de gordura no sangue. Por isso, as chances de desenvolver problemas cardíacos aumentam. Crises de gastrite e prisão de ventre também podem surgir ao ingerir doces em grandes quantidades e com frequência.

Fonte: Vitoria Campanholi, nutricionista esportiva e funcional

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Dia dos Pais fondue saudável
Alimentação Bem-estar Receitas

Fondue saudável: confira algumas substituições mais equilibradas!

Quando as temperaturas caem, uma noite de fondue é uma excelente pedida

chocolate quente fit
Alimentação Bem-estar

Chocolate quente fit é opção saudável para festa junina. Veja receitas!

Nessa época, algumas comidas ganham protagonismo, como caldos, bebidinhas quentes e doces típicos. Veja como fazer um chocolate quente fit!

Por quanto tempo devo tomar ômega
Alimentação Bem-estar

Por quanto tempo devo tomar Ômega 3?

Muitas pessoas se perguntam: Por quanto tempo devo tomar ômega 3? Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado