Yoga para pessoas com obesidade: benefícios, dicas e cuidados

Bem-estar Movimento
23 de Junho, 2023
Yoga para pessoas com obesidade: benefícios, dicas e cuidados

Quando pensamos em yoga, é comum associamos a prática a pessoas magras. Por causa das redes sociais, muitos de nós pensamos dessa forma, mas a modalidade é para todos. Afinal, a premissa básica da tradição milenar é a integração entre mente e corpo, não importa o peso, altura e outras características. Inclusive, o yoga pode ser muito benéfico para pessoas com sobrepeso e obesidade, pois respeita os limites, movimenta o corpo com segurança e faz muito bem à saúde mental.

Contudo, como toda atividade física, precisa de cuidados e algumas orientações para trazer benefícios. A seguir, preparamos um guia essencial para incluir o yoga, sobretudo na rotina de quem convive com a obesidade e busca uma vida mais saudável.

Veja também: Tratamento às pessoas com obesidade: o que falta para atendê-las bem?

Yoga para pessoas com obesidade: o que preciso saber primeiro?

Antes de mais nada, se você possui algum grau de obesidade, é importante ir ao médico para observar se existe alguma restrição para iniciar a prática. Sobretudo se você sente dores ou apresenta dificuldades para realizar algum tipo de movimento. Essa avaliação é essencial para a prática de yoga ser personalizada e lhe trazer bons frutos.

Então, não pule essa etapa para evitar problemas futuros. Afinal, mesmo com o baixo risco, é possível adquirir lesões por uma postura mal direcionada, por exemplo.

Motivos para considerar o yoga no dia a dia

De forma geral, a prática frequente proporciona flexibilidade, melhora da mobilidade, da força e da autoestima. Há muitos estilos de yoga, cada qual com sua particularidade. Contudo, todos eles são democráticos, pois acolhem todos os níveis de alunos.

Um professor experiente consegue elaborar uma sequência de ásanas (posturas) que acompanhe a individualidade, sem constranger ou intimidar quem está dando os primeiros passos. Então, buscar um profissional com esse perfil fará toda a diferença para você se apaixonar pela filosofia de vida.

Mais do que uma aula que trabalha todas as aptidões físicas, o yoga traz um benefício especial de agregar autoconhecimento e presença. Afinal, durante a prática, você precisa se conectar profundamente com a respiração, o que ajuda a manter a concentração no momento presente.

Ao mesmo tempo, é mais fácil perceber como o corpo se movimenta e se encaixa em cada postura. Tudo isso expande a consciência corporal sobre seus limites e até onde você pode se desafiar.

Benefícios especiais para pessoas com obesidade

mulher com roupa verde oliva praticando yoga em casa

Foto: Shutterstock

Quem tem o diagnóstico da doença e ingressa no yoga terá um aliado da saúde física e mental. Não à toa, a Organização das Nações Unidas (ONU) recomenda a atividade para reduzir o sedentarismo e conferir mais qualidade de vida à população mundial. Dentre os pontos positivos, se destacam:

Controle da ansiedade: muitas pessoas com obesidade enfrentam a compulsão alimentar, por vezes gerada por estados emocionais desconfortáveis. A combinação entre ásanas e a prática de meditação melhoram o bem-estar, amenizando o estresse e a ansiedade. Como resultado, o indivíduo consegue reconhecer suas emoções e evitar episódios de compulsão alimentar.

Mais energia: como toda atividade física, influencia a produção de hormônios do bem-estar, que aumentam disposição para as tarefas diárias.

Equilíbrio do sono: por interferir positivamente na atividade hormonal, o yoga consegue melhorar a qualidade do sono. Alguns estilos, como o Yin Yoga, propõem uma aula relaxante, com poucas posturas, com o objetivo de aquietar o corpo e a mente para o descanso.

Favorece a perda de peso: quando feito com assiduidade, o yoga ajuda pessoas com obesidade ou sobrepeso a emagrecer. Não somente por estimular a queima de calorias, mas porque atua no controle da ansiedade, relacionada a gatilhos de compulsão alimentar.

Melhora da respiração: os pranayamas, conjunto de técnicas respiratórias, são ótimos para explorar a capacidade pulmonar. Durante as aulas de yoga, seja para iniciantes ou não, é importante manter a conexão entre respiração e movimento. Assim, é possível explorar uma respiração mais profunda e consciente, o que também auxilia contra o estresse e a ansiedade.

Dicas e cuidados

Tenha um profissional de confiança em sua jornada

Se você nunca praticou yoga antes, fazer aulas com um professor permitirá a evolução saudável dentro da modalidade. Pesquise sobre o profissional e faça aula experimental com mais de um instrutor. Avalie se ele faz ajustes, sugere adaptações e se preocupa com você.

Além disso, é fundamental se identificar com o instrutor, que precisa ser didático e entender suas necessidades, objetivos e limitações. E, acima de tudo, que lhe respeite e tenha sensibilidade para atender pessoas com obesidade.

Adquira um tapete de yoga de qualidade

O que não faltam são marcas especializadas. No entanto, o tapete de yoga ideal é aquele com uma espessura de, no mínimo, 6 mm. Essa característica permite realizar posturas com joelhos e cotovelos no chão sem machucá-los.

Outro requisito é o material: os melhores são os de borracha antiderrapante, que não deixam as mãos e pés escorregarem. Eles também devem ser fáceis de higienizar depois da aula.

Escolha roupas confortáveis

O vestuário precisa ser leve, confortável e não apertar nenhuma parte do corpo. Dessa forma, há mais liberdade para executar os ásanas. Dependendo do estilo de yoga, é bom recorrer a tecidos mais respiráveis.

Por exemplo, o hot yoga, que ocorre em uma sala aquecida a 40 graus, exige um vestuário fresquinho para amenizar a transpiração durante a aula.

Por fim, respeite seu processo

No começo, o yoga pode ser desafiador. Por isso, tenha paciência e evite fazer algo que seu corpo ainda não consegue. Aos poucos, você ganhará mais confiança e capacidade física para evoluir sem se machucar.

O mais importante é perceber as conquistas ao longo do caminho: mais tranquilidade, bem-estar e energia costumam ser mais evidentes nas primeiras semanas de experiência.

 

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas