Yoga no BBB: Como a prática pode ser uma boa estratégia dentro do programa

28 de janeiro, 2022

É possível usar os ensinamentos do yoga para vencer os desafios e até as provas de resistência do BBB 22. Pelo menos é isso que acredita o professor Carlo Guaragna.

De acordo com ele, um dos principais pontos para mandar bem e conquistar a liderança é saber economizar energia corporal. “Nas provas de resistência, os participantes enfrentam, muitas vezes, frio, calor, sede, fome e permanecem na mesma postura por horas”, diz. Nada mais do que a rotina básica de um meditador/praticante, não é mesmo?

Nesses casos, algumas técnicas de respiração, associadas à consciência corporal e ao pensamento de que aquela experiência uma hora vai acabar, podem ajudar muito. “Essa percepção pode converter a pessoa de um estado de desespero para um estado de entrega e relaxamento, afinal, é apenas uma questão de tempo.”

Na primeira disputa, por exemplo, as pessoas precisaram ficar paradas no mesmo local por horas. Bárbara Heck, que já fez um retiro espiritual (onde teve aulas de yoga), foi uma das vencedoras. A sister demonstrou muita segurança e calma.

“O ser humano, em uma situação de estresse, possui algumas reações clássicas. Como contrair o abdômen para recrutar força, elevar os ombros para proteger o pescoço, apertar os maxilares para não ficar vulnerável, contrair a fisionomia do rosto para expressar raiva, entre outros. Isso evidentemente desgasta o corpo, drenando a energia. Aprender a relaxar, meditar e respirar é o segredo para desfazer estas tensões durante o programa.”

Leia também: Participante do BBB usa atividade física como válvula de escape

Yoga no BBB

Na edição de 2022 do reality, vários participantes são adeptos do yoga. Barbara, Linn da Quebrada, Jessilane e Jade Picon já mostraram suas habilidades fazendo posições de alongamento e relaxamento. Linn até chegou a brincar depois de uma prática pela manhã: “Não mais treta”, afirmou.

Isso porque durante o BBB, é comum que muitos conflitos aconteçam entres os integrantes. Algumas pessoas, aliás, chegam a perder o equilíbrio emocional e acabam desistindo ou não aguentando a pressão. Carlo conta que o yoga também pode auxiliar nessas questões.

“Em momentos de estresse, é preciso ter consciência e não agir por impulso. Uma das primeiras percepções que a prática de yoga proporciona às pessoas é entender que os impulsos internos resultam em ações indesejadas na nossa vida.”

Fonte: Carlo Guaragna, professor de yoga que trabalha há 10 anos na área e tem mais de 15 mil alunos.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.