Whey Protein dá espinha? Saiba se é mito ou verdade

Alimentação Beleza Bem-estar
13 de Maio, 2022
Whey Protein dá espinha? Saiba se é mito ou verdade

Uma das maiores dúvidas de quem começa a treinar e fazer o uso de suplementos para ganhar massa muscular é: whey protein dá espinha? 

Em primeiro lugar, o whey protein é um suplemento em pó feito a partir da proteína extraída do soro do leite. Dessa forma, essas proteínas são essenciais para a recuperação dos músculos e, consequentemente, para a hipertrofia (aumento da massa muscular). Além disso, ajuda na regulação de hormônios, produção de enzimas, entre outros.

Tipos de whey

Whey protein concentrado

Possui menor concentração de proteína em comparação com os outros (70 a 80%). Além disso, a velocidade de absorção pelo organismo é mais lenta. É indicado para pessoas que não têm intolerância à lactose. Isso porque há uma maior quantidade de lactose, gorduras, sais minerais e outros nutrientes que podem desencadear reações.

Whey protein isolado

Já essa versão, por outro lado, apresenta maior teor de proteínas (90 a 95%) e sua absorção é mais rápida. Também pode ser utilizado por pessoas sensíveis à lactose, pois a quantidade de lactose e gordura é baixíssima. 

Mas o recomendado é consultar um nutricionista para entender qual a melhor opção de suplementação no seu caso.

Leia também: Blends protéicos e whey protein: Conheça a diferença entre eles

Hidrolisado

Sua concentração de proteína é de 99%, ou seja, é a forma mais pura e com absorção mais rápida. Dessa forma, o hidrolisado é de fácil digestão, pois ao tomá-lo, ocorre a quebra da proteína em fragmentos menores. Consequentemente, isso potencializa o efeito anabólico e promove o aumento da massa e da força muscular.

Mas afinal, whey protein dá espinha?

A acne é uma doença inflamatória que afeta as glândulas sebáceas, pequenas estruturas localizadas na pele e que geram oleosidade. As espinhas são multifatorial e caracterizadas pela presença de cravos, espinhas, nódulos e cistos. Uma diferença do quadro em adultos é a localização mais comum das lesões. 

E, sim, o consumo de whey protein dá espinha. Isso porque, de acordo com especialistas, o consumo de suplementos à base da proteína do soro do leite pode aumentar a acne em pessoas com predisposição. Mas é importante ressaltar que isso depende de cada organismo.

Inclusive, segundo estudos, a causa pode estar relacionada ao acréscimo do IGF-1 (Insulin Growth Factor) no organismo. Assim, esse hormônio é produzido pelo fígado quando usamos suplementos e fazemos dietas dietas hiperglicêmicas (ricas em açúcar).

Além disso, o surgimento da acne, muitas vezes, pode estar relacionado com outros fatores. Portanto, o ideal é buscar avaliação de um dermatologista.

Referência: Creamy

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Remada baixa
Bem-estar Movimento

Remada baixa: para que serve e como fazer?

Comum em treinamento de força, o exercício fortalece os músculos das costas, como o dorso e trapézio

elevação pélvica
Bem-estar Movimento

Elevação pélvica: como fazer, benefícios e substituições

A elevação de quadril, também chamada de hip thrust ou elevação pélvica, é o ótima para trabalhar glúteos e pernas

chá de canela
Alimentação Bem-estar

Chá de canela: para que serve, benefícios e como preparar

A bebida é uma ótima opção para esquentar o corpo — muitos afirmam, ainda, que ela emagrece. Saiba tudo sobre o chá de canela