Vírus Oz: Japão confirma primeiro caso fatal no mundo

Saúde
26 de Junho, 2023
Vírus Oz: Japão confirma primeiro caso fatal no mundo

O Japão confirmou a morte de uma pessoa pelo vírus Oz. É o primeiro caso no país e também no mundo. Trata-se de uma mulher de 70 anos. De acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do país, a idosa morreu em 2022, na cidade de Ibaraki, em Tóquio.

Segundo as autoridades de saúde, a mulher teve miocardite, uma inflamação dos músculos do coração. Ela foi ao hospital apresentando febre e fadiga logo depois de ser picada por um carrapato na perna. Por isso, o governo acredita que os carrapatos são os portadores do vírus.

Leia mais: Carrapato estrela: como evitar contato com transmissor da febre maculosa?

Primeira vítima fatal: detalhes sobre o caso

A vítima do vírus Oz tinha comorbidades, incluindo hipertensão e altos níveis de gordura no sangue. Sem histórico de viagens ao exterior, a paciente recebeu um tratamento com antibióticos, já que os médicos suspeitaram, a princípio, de pneumonia. Em seguida, ela recebeu alta.

No entanto, a idosa voltou a ser internada em um hospital, já que seus exames de sangue indicaram diminuição de plaquetas, distúrbios no fígado e nos rins e reação inflamatória intensa. Os médicos suspeitaram de infecção transmitida por artrópodes devido à observação de picadas de carrapatos no momento da admissão.

Após o diagnóstico de miocardite, ela apresentou quadro súbito de fibrilação ventricular, que é um ritmo cardíaco anormal, e não resistiu.

O que já se sabe sobre o vírus Oz?

O vírus Oz  é um novo vírus do gênero Togotovírus, da família Orthomyxoviridae. De acordo com o Ministério da Saúde japonês, após isolamento, eles identificaram o vírus em carrapatos da espécie Amblyomma testudinarium no país em 2018.

Após a realização de pesquisas de anticorpos no soro de animais no Japão, eles detectaram anticorpos em algumas espécies animais. Por exemplo, macacos japoneses, javalis e veados. Porém, ainda não há relatos de casos em animais até o momento.

Além disso, até o momento, não há um tratamento específico para o vírus no Japão. Após a confirmação da causa da morte, o Ministério da Saúde japonês orientou às pessoas que evitem o contato com carrapatos utilizando roupas longas e repelentes, principalmente ao circular em locais com vegetação mais densa, como florestas.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma