Vácum abdominal ou prancha para secar a barriga?

Bem-estar Movimento
19 de Janeiro, 2024
Vácum abdominal ou prancha para secar a barriga?

Um conjunto de estratégias pode ajudar a secar o abdômen. A primeira delas é investir numa alimentação saudável, evitando o consumo de alimentos gordurosos e industrializados. Outra dica bastante comum é inserir variados tipos de exercícios abdominais nos treinos diários. Por exemplo, a famosa prancha ou o vácum abdominal. Mas dentre os dois, qual é a melhor opção para deixar o abdome torneado? Veja o que diz uma personal trainer.

Leia mais: Treino de abdômen em pé: exercícios para conquistar a barriga chapada

Benefícios e como fazer

Vácum abdominal

O exercício fortalece o transverso abdominal, melhorando a estabilidade do tronco. Além disso, pode contribuir para uma postura mais ereta e estável, bem como reduzir o diâmetro da cintura. O exercício também proporciona suporte adicional à coluna vertebral, o que pode ser benéfico para a prevenção de dores nas costas. Veja como fazer:

  • Primeiramente, deite-se de costas com os joelhos dobrados e os pés apoiados no chão. Relaxe os ombros e mantenha a coluna neutra.
  • Então, inspire profundamente pelo nariz. Expire completamente pela boca, expulsando todo o ar dos pulmões. Enquanto exala, contraia os músculos abdominais, especialmente o músculo transverso abdominal, como se estivesse puxando o umbigo em direção à coluna vertebral. Tente manter os músculos abdominais contraídos durante a expiração.
  • Mantenha a contração dos músculos abdominais por 10 a 20 segundos, ou o tempo que conseguir confortavelmente. Continue respirando de forma superficial enquanto mantém a contração abdominal. Relaxe os músculos abdominais durante a inspiração. Repita o processo várias vezes.

Prancha abdominal

A prancha traz muitos benefícios para a saúde. Por exemplo,  melhora a postura, aumenta a força muscular, fortalece o core, melhora a coordenação motora, reduz o estresse e ajuda a queimar calorias. Veja como fazê-la:

  • Primeiramente, deite de barriga para baixo e deixe os antebraços apoiados no chão (use um colchonete embaixo do corpo para mais conforto);
  • Então, apoie os dois pés no chão na largura dos ombros e levante o quadril e o tronco, mantendo o corpo em uma linha reta (olhe para baixo e não levante demais o bumbum);
  • Lembre-se de contrair bem o abdômen durante toda a execução do exercício. Por fim, mantenha-se na posição o tempo que conseguir.

Vácum abdominal ou prancha para secar o abdômen?

De acordo com Luciana Gusmão, personal trainer, realizar a prancha todos os dias vai queimar mais calorias do que os abdominais tradicionais. Assim, pode trazer benefícios para quem quer secar o abdome. “Os músculos do core, fortalecidos por meio da prancha, vão garantir o gasto calórico calórica até quando estiver em repouso. Por isso, é um exercício importante, principalmente para quem passa grande parte do tempo sentado”, explica.

Por outro lado, o vácum abdominal pode ser feito em qualquer horário do dia para ativar o transverso abdominal antes dos exercícios. Porém, para dar mais resultados e afinar a cintura, é indicado realizar o exercício 10 minutos todos os dias, em jejum pela manhã. Ou seja, completa Luciana, os exercícios têm objetivos diferentes. Por isso, devem ser usados em conjunto.

Fonte: Luciana Gusmão, personal e profissional de educação física.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor

prato conhecido como costelinha de milho, geralmente feito na air fryer
Alimentação Bem-estar Receitas

“Costelinha” de milho na air fryer fica uma delícia!

Apesar do nome "costelinha", o preparo é vegano -- o milho é o principal ingrediente, e fica pronto em poucos minutos na air fryer

mulher olhando o celular
Bem-estar Equilíbrio

Redes sociais geram efeito “cérebro de pipoca”

“Cérebro de pipoca” ocorre quando nosso foco salta de rapidamente de uma coisa para outra, como grãos de milho quando estouram