Uso de máscaras em ambientes fechados está liberado em SP

Saúde
17 de Março, 2022
Uso de máscaras em ambientes fechados está liberado em SP

Como já havia prometido, o governador de São Paulo João Dória (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (17) um decreto que desobriga o uso de máscaras em ambientes fechados em todo o estado. No entanto, o uso segue obrigatório, por enquanto, em unidades de saúde, hospitais e transporte público, como ônibus, trens e metrô.

“Finalmente sem máscaras! Acabo de assinar decreto que libera imediatamente o uso de máscaras em locais fechados em SP. O avanço da vacinação e a queda nas internações e óbitos permitem esta medida. Momento tão esperado depois de dois anos desafiadores. Estou muito feliz!”, afirmou Dória em publicação no Twitter.

O uso obrigatório de máscara de proteção contra o coronavírus começou no dia 4 de maio de 2020, apenas nos transportes públicos. Três dias depois, no dia 7 de maio, passou a ser obrigatório em todo o estado nas ruas, locais públicos, estabelecimentos, repartições públicas estaduais e no transporte por aplicativo.

Leia mais: Quarta dose da vacina de Covid-19 em idosos começa em 21 de março

Uso de máscaras em ambientes abertos já estava liberado

Em ambientes abertos, o uso do item de proteção já não era mais necessário desde o último dia 9. O anúncio ocorreu apenas um dia após o Rio de Janeiro ser a primeira capital brasileira a flexibilizar o uso de máscaras em ambos os locais. Em seguida, Natal e Rio Branco também suspenderam o uso em todos os ambientes e, no dia 10 de março, o Distrito Federal adotou a mesma posição. Outras cidades, como Belo Horizonte e Florianópolis, por exemplo, estão liberando o uso de máscaras apenas em locais abertos.

Leia mais: Flexibilização das máscaras: afinal, quem deve continuar utilizando o item de proteção?

Outros locais onde o uso das máscaras estão liberados

Entidades de bares, restaurantes, shoppings, supermercados e escolas particulares paulistas afirmam que vão seguir a medida anunciada pelo governador João Doria (PSDB), nesta quinta-feira (17), de flexibilizar o uso de máscaras em ambientes fechados no estado de São Paulo. A Igreja Católica, entretanto, ainda deve recomendar o uso do item.

Mesmo com flexibilização, medidas devem ser mantidas

Embora as máscaras já tenham sido liberadas, especialistas recomendam que o equipamento de proteção individual continue a ser usado por profissionais de saúde e em escolas. O uso também deve ser mantido por pessoas imunossuprimidas, com comorbidades de alto risco, não vacinadas e com sintomas de síndrome gripal.

Além disso, um estudo feito pela Vigilância Sanitária da cidade de São Paulo, por exemplo, recomenda seguir com as medidas não farmacológicas de precaução. Dessa forma, deve-se manter a higiene das mãos e evitar aglomerações, bem como manter a vacinação de dose de reforço da população adulta.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas

corredor abaixado segurando a perna aparentemente com dor
Bem-estar Movimento Saúde

Será que eu estou com canelite? Médico destaca principais sinais

A condição é uma das principais preocupações entre os corredores. Ortopedista explica como identificar os sintomas característicos da canelite