Um mês de academia dá resultado? Saiba como funciona

3 de setembro, 2021

Quando se começa a treinar, é inevitável a ansiedade em ganhar resultados rapidamente. Afinal, você saiu do sedentarismo e se dedicou por um tempo. Portanto, espera ser recompensado com certa rapidez. Mas, será que um mês de academia dá resultado?

Na verdade, seja para fortalecer os músculos ou queimar calorias, os primeiros resultados não são instantâneos. Isso porque existe uma cronologia das fases de adaptação do corpo quando começamos a malhar. Ou seja, antes de saber se 1 mês de academia dá resultado, é preciso entender como a cronologia dos treinos funciona.

Mas, para entender essa cronologia, é importante conhecer as adaptações neurais. Segundo a educadora física Bianca Pichirilli, de São Carlos, interior de São Paulo,  essas adaptações ocorrem quando estamos no início do treinamento. Assim, esse fator contribui para a melhora da coordenação intermuscular e aumento da ativação do músculo. O que ajuda a obter mais rapidamente a hipertrofia muscular. 

Um exemplo disso é quando iniciamos os exercícios físicos e sentimos dores musculares nas primeiras semanas. “Essas dores são microlesões que ocorrem na musculatura, lesões que podem levar a uma adaptação neural” explica a especialista. 

No entanto, é fundamental ressaltar que cada indivíduo responde aos estímulos de maneiras diferentes. Desse modo, fatores como a saúde física e mental, disfunções hormonais, estresse e alimentação também podem influenciar se um mês de academia dá resultado, por exemplo. 

Um mês de academia dá resultado? Fases da cronologia

No geral, segundo a educadora física, para identificar os resultados visivelmente as fases da cronologia são:

  • Fase 1 (3 a 4 semanas): Para muitos essa pode ser a pior fase, pois nela surgem as dores musculares. Durante esse período, nosso sistema circulatório, respiratório, cardíaco e outros, começam a trabalhar melhor. Sendo assim, o corpo diminui a retenção de líquidos, melhorando a digestão dos alimentos. Nesta fase, também pode surgir o inchaço da musculatura, que é chamado de edema muscular. 
  • Fase 2 (2º mês): Começa a acontecer o primeiro ganho de resistência, força ou flexibilidade muscular. Além disso, com a retenção de líquidos e o percentual de gordura reduzidos o corpo diminui as medidas.
  • Fase 3 e 4 (3º mês): Já nesta fase, o metabolismo começa a acelerar e as endorfinas são liberada em doses maiores no organismo. Por isso, surgem os primeiros ganhos de força e hipertrofia. Também é possível sentir a queima de gordura de maneira mais acentuada.
  • Fase 5 (5º mês): Com o percentual de gordura reduzido, os músculos apresentam um corpo mais hipertrófico e os resultados começam a ser notados. Por fim, no quinto mês os treinos devem ser sempre ajustados para o corpo não se acostumar.

Leia também: Dieta para ganhar massa muscular

Fonte: Bianca Pichirilli – educadora física formada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.