Teste da bochechinha: como é feito e quais doenças detecta?

Gravidez e maternidade Saúde
25 de Agosto, 2023
Teste da bochechinha: como é feito e quais doenças detecta?

O teste da bochechinha é um exame que identifica mais de 340 doenças genéticas tratáveis que se manifestam na infância. O exame complementa o teste do pezinho tradicional, que detecta um pouco mais de 50 enfermidades, ampliando assim o número de doenças analisadas.

Leia mais: Guia de boas-vindas ao recém-nascido: da maternidade até os 28 dias

Como é feito o teste da bochechinha?

A coleta da amostra da mucosa bucal é muito simples e indolor. Assim, pode ser realizada em qualquer idade desde o nascimento. A partir da amostra, é possível obter o DNA da criança, o que permite identificar a causa genética das doenças que podem ser graves e silenciosas, isto é, que não apresentam os sintomas até que se manifestem gravemente.

Quais doenças o teste da bochechinha identifica?

O teste da bochechinha permite identificar doenças antes mesmo que a criança apresente os sinais, tranquilizando pais e mães. As doenças investigadas pelo teste já possuem tratamento e estão relacionadas a:

  • Erros inatos do metabolismo;
  • Surdez
  • Neoplasias;
  • Doenças renais, endócrinas, esqueléticas, pulmonares, neurológicas, imunológicas, hematológicas, hepáticas e gastrointestinais;
  • Deficiências do metabolismo de vitaminas e minerais.

Recomendações 

De acordo com Cláudia Assunção, coordenadora de Ciência, Inovação e Tecnologia do Laboratório São Paulo, o teste da bochechinha não contempla todas as doenças de causa genética. Por isso, não substitui o teste do Pezinho, então é necessário realizar ambos.

“Por exemplo, o diagnóstico do hipotireoidismo congênito não ocorre pela genética, isto é, pelo teste da bochechinha. Neste caso, deve-se detectar a doença pelo exame do pezinho, que avalia a quantidade de hormônio produzido pela tireoide. A baixa quantidade do hormônio pode estar relacionada à estrutura e forma da glândula tireoide ou outras causas. Assim, apenas o exame genético não permite diagnosticar a doença. Por isso é tão importante que se faça os dois exames”, completa. Em caso de resultado positivo para alguma das 340 doenças que o teste da bochechinha investiga, é necessário procurar um médico para aconselhamento genético.

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte

Reynaldo Gianecchini
Saúde

Reynaldo Gianecchini revela diagnóstico de doença autoimune

A síndrome de Guillain Barré causa fraqueza e dificuldades para mover os braços e as pernas