Termoterapia: Para que serve e quais são os benefícios

Saúde
04 de Agosto, 2021
Termoterapia: Para que serve e quais são os benefícios

A termoterapia — ou terapia com manta térmica — é uma técnica que utiliza a mudança de temperatura dos tecidos do corpo destinada a tratamentos terapêuticos ou estéticos. 

Dessa maneira, a termoterapia para tratamentos terapêuticos é indicada quando o paciente necessita de relaxamento muscular e alívio de dores. Isso é feito por meio da aplicação de calor na área afetada, o que, consequentemente, aumenta o fluxo sanguíneo e traz mais oxigênio para a região.

Como resultado, há a contração muscular e o aumento da resistência elástica de estruturas como ligamentos e tendões, diminuindo o risco de lesões e rupturas.

Por outro lado, com relação à estética, a termoterapia é aliada de quem deseja amenizar celulites. O processo também é feito por meio do calor, que faz com que as enzimas e os ativos dos produtos aplicados penetrem mais rapidamente no organismo. 

Os resultados costumam surgir desde as primeiras sessões, evitando a necessidade de medicamentos ou até mesmo de cirurgia.

Benefícios da termoterapia

Conheça os principais benefícios do método:

  • Alivia dores;
  • Queima a gordura localizada;
  • Além disso, elimina toxinas;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Reduz a celulite;
  • Acelera o metabolismo;
  • Ademais, reduz espasmos musculares;
  • Fortalece os ossos;
  • Ajuda a diminuir a fadiga;
  • Por fim, distende e suaviza a fáscia superficial.

Como funciona a termoterapia

O método pode ser feito com mantas térmicas ou com radiofrequência.

No primeiro tratamento, a pele é higienizada e esfoliada para tirar as camadas de impurezas. Em seguida, o terapeuta aplica um gel com enzimas para quebrar a gordura e coloca um plástico filme no local para fazer uma oclusão (abafar). Por fim, vem a manta térmica com temperatura máxima de 40 graus Celsius. 

Sendo assim, o tamanho da manta pode cobrir o corpo todo ou ser menor — colocada apenas em regiões como pernas, flancos, coxas, braços, abdômen, bumbum e culote.

Com a radiofrequência, após a higienização, é aplicada vaselina na área a ser tratada. Desse modo, através dos aplicadores posicionados na pele, são realizados disparos de radiofrequência no local. 

Leia também: Magnetoterapia: O tratamento dos atletas e seus benefícios

É indicado para todos?

Apesar de não ser um método invasivo, a termoterapia não é indicada para qualquer pessoa.

Isso porque existem situações em que o calor piora a condição do paciente. A técnica não deve ser realizada em infecções, lesões recentes ou qualquer outra inflamação aguda.

Além disso, há outras contraindicaçõs:

  • Pressão alta;
  • Trombose;
  • Tumor ou câncer;
  • Edema;
  • Uso de marcapasso, desfibrilador ou qualquer implante eletrônico;
  • Diabetes;
  • Herpes;
  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • Gravidez;
  • Feridas abertas ou infecções de pele.

Leia também: Lesão labral: O que é e quais são os tratamentos

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma