Sleep Texting: Distúrbio de enviar mensagem enquanto dorme

23 de março, 2021

Você já mandou mensagens enquanto estava dormindo e ficou confuso ao acordar? Esse fenômeno existe e se chama sleep texting e é tão comum quanto imaginamos.

O sleep texting, um tipo de sonambulismo digital, significa literalmente mandar mensagem enquanto dormimos. Geralmente, ocorre pelo uso excessivo dos celulares e computadores. Principalmente quando alguém dorme com o celular ao lado da cama, por exemplo.

Uma pesquisa publicada no Journal of American College Health entrevistou mais de 2 milhões de estudantes sobre sua qualidade de sono e uso de celulares na hora de dormir. Assim, os resultados mostraram que mais de 25% dos entrevistados enviavam mensagens de texto enquanto dormiam e 72% deles não se lembram que fizeram isso (até olharem seu celular no dia seguinte).

Leia também: Como influenciadores nas redes sociais afetam sua saúde mental

Como o sleep texting pode nos afetar

De fato, você corre o risco de mandar mensagens estranhas para os seus contatos sem perceber. Além disso, o sleep texting também não é bom para a saúde. Afinal, é um estado que interrompe o nosso sono.

A cada dia mais o uso excessivo do celular vem sendo atrelado a uma má qualidade de sono. Isso porque a luz emitida pelo aparelho atrasa a produção de melatonina – conhecido como o hormônio do sono.

Dessa maneira, surgem efeitos como a insônia. Consequentemente, no dia seguinte a capacidade cognitiva pode ser afetada. Portanto, a pessoa pode acordar com cansaço, dificuldades para se concentrar e irritabilidade.

Dicas para diminuir o uso de dispositivos eletrônicos

É importante ter um limite sobre o quanto você usa as tecnologias. Portanto, procure ter um tempo apenas para você. A meditação, por exemplo, é uma ótima forma de relaxar e deixar os pensamentos ruins de lado. 

Portanto, separe algum momento do seu dia para meditar, nem que seja por 20 minutos. Você pode optar por aplicativos ou vídeos de meditação que podem ajudar. Além disso, a prática de exercícios físicos também é importante.

Também vale respirar fundo, ouvir música, ligar para um amigo ou dar um passeio.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.