Shiatsu: O que é, benefícios e indicações

16 de setembro, 2019

A massagem shiatsu é uma técnica oriental feita com alongamentos e manipulação em pontos específicos, através dos dedos, palma das mãos ou cotovelos. Shi significa dedo e atsu significa pressão.

Além de promover o relaxamento corporal, também melhora a postura e combate o estresse físico e mental. O benefício terapêutico foi redescoberto no Japão, no início do século XIX, e Tamai Tempaku é o responsável pelo modelo atual praticado em todo o mundo.

Assim, o shiatsu tem o objetivo de estimular canais energéticos e promover a manutenção da saúde, uma forma de equilibrar o corpo e a mente. Um verdadeiro chega para lá nas preocupações e tensões musculares que se acumulam no dia a dia.

As sessões são indicadas a qualquer pessoa que sofra com dores musculares (tendinites, fibromialgia etc), doenças respiratórias (asma, bronquite, rinite, sinusite ou resfriados), problemas circulatórios (varizes, arritmia, hipertensão arterial), digestivos, urinários e até reprodutor.

Também é possível notar alívio dos sintomas da enxaqueca, artrose, artrite reumatoide, depressão e síndrome do pânico.

Entretanto, é importante lembrar que a técnica oriental é indicada como um complemento do tratamento convencional das doenças e só pode ser feita por um terapeuta capacitado.

Leia também: Homeopatia: Entenda o que é e como funciona essa terapia alternativa

Como é a massagem shiatsu

O shiatsu é feito com o paciente deitado em uma maca e tem duração de 1h a 1h30. Com ajuda de óleos essenciais, o profissional começa fazendo a massagem pela cabeça e vai em direção ao pé. Primeiro um lado, depois a pessoa vira para o outro. O preço varia entre R$ 80 e 150.

Contraindicações

  • Início de gravidez (até terceiro mês);
  • Doenças acompanhadas de febre;
  • Imunidade baixa;
  • Doenças contagiosas;
  • Em casos de fraturas ou luxações.

Leia também: Reiki: A terapia que promete energia e cura pelas mãos

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.