Scab hair: o que é, causas e como tratar os fios comprometidos

Beleza Bem-estar
04 de Novembro, 2022
Scab hair: o que é, causas e como tratar os fios comprometidos

Apesar de ter se tornado um assunto popular quando se fala em saúde capilar, o scab hair ainda é um tema desconhecido para algumas pessoas.

Esse é o nome dado aos cabelos que ficam com sequelas depois da exposição à química alcalina e que, como consequência, perdem a curvatura e fazem com que as pessoas não consigam saber qual é a forma real de seus fios naturais.

Para esclarecer tudo sobre o tema e ajudar a evitar que os fios passem por esse problema, consultamos a cabeleireira Paula Breder. Confiram!

Leia também: Cabelo seco ou ressecado? Profissional explica a diferença

O que é scab hair

Scab hair é o resultado da exposição dos cabelos à química alcalina – processo que causa o comprometimento da glândula sebácea, que serve para lubrificar a haste do fio. Como resultado, ele acaba nascendo sem forma e aderência, além de muito ressecado e poroso.

“Os fios novos ficam sem curvatura, levando muitas pessoas a ficarem em dúvida se os seus cabelos são assim ou não. Várias delas, inclusive, acabam desistindo da transição capilar por acharem que seu cabelo natural não é bonito”, aponta Paula.

De acordo com ela, é possível classificar o problema de três formas:

  • Parcial: quando ele é bem espalhado e dividido pela cabeça;
  • Localizado: encontrado em só uma parte do cabelo, geralmente na região frontal da cabeça;
  • Total: trata-se de um cabelo totalmente tomado pelo problema.

Leia também: Curvatura do cabelo: 5 fatores que prejudicam o formato dos cachos

Causas do scab hair

De acordo com a profissional, o problema acontece quando o couro cabeludo entra em contato com químicas como o relaxamento, os hidróxidos, os redutores de volume, entre outros.

“A glândula sebácea é responsável por produzir o sebo, que é um protetor natural da haste capilar. A química alcalina, por sua vez, pode inativar a glândula sebácea quando entra em contato com o couro cabeludo, tornando a produção de sebo inexistente”, ela explica.

E completa: “Com isso, o cabelo natural nasce mais fragilizado, tornando-se mais suscetível à quebra, à porosidade e ao ressecamento”.

Sendo assim, é possível identificar o quadro avaliando e se atendando a alguns sinais como fios com textura diferente, fracos ou grossos demais, ásperos, espigados, quebradiços, entre outros sinais.

Como evitar

A única forma de evitar esse problema, de acordo com Paula, é não submeter o cabelo natural a qualquer tipo de transformação que tenha química.

Contudo, no caso da transição capilar, quando os fios já passaram muitas vezes por tratamentos com química, o indicado é começar a cuidar do couro cabeludo antes mesmo do aparecimento do scab hair.

As dicas são:

  • Higienizar o couro cabeludo e a haste capilar três vezes na semana;
  • Usar óleos vegetais no couro cabeludo na noite antes da lavagem para hidratar;
  • Usar produtos que realmente possam promover um tratamento no couro cabeludo.

O que fazer quando o problema já existe?

“Como o problema costuma se dar pela falta de produção de sebo, é importante repor a nutrição do cabelo para tratá-lo”, aponta Paula.

Assim, é indicado usar óleos vegetais, terapia à base de calor, massagem no couro e produtos tricológicos, sempre sob orientação de um profissional.

Paula ressalta que, apesar de ser um processo passageiro, ainda se trata de uma patologia que precisa ser cuidada.

“É importante frisar que também é possível evitar o surgimento da disfunção, diminuindo a quantidade de produtos industrializados e optando por produtos com ativos naturais. Além disso, lembre-se que o processo de lavar o cabelo não é apenas uma tarefa na rotina, mas sim uma forma de manter a saúde capilar”, finaliza.

Fonte: Paula Breder, cabeleireira, tricoterapeuta e fundadora da marca PB, do Espírito Santo. 

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas