Saiba como cuidar do cabelo na gravidez 

Gravidez e maternidade Saúde
02 de Maio, 2023
Saiba como cuidar do cabelo na gravidez 

Na gestação, é comum que os cabelos fiquem mais fortes, volumosos e bonitos. Isso acontece porque os níveis de progesterona e estrogênio, que são hormônios sexuais, estão em alta. A situação é inversamente proporcional no pós parto, quando as mães tendem a relatar a queda dos fios. A seguir, saiba como cuidar do cabelo na gravidez.

Veja também: Toque Vaginal: entenda a importância do exame na gestação

Cuidados com os cabelos na gravidez

Embora a gestação envolva privações em prol do pleno desenvolvimento do bebê, é possível antecipar alguns cuidados que reduzam a queda capilar no puerpério. 

“Os cuidados durante a gestação além trazer benefícios, vão minimizar os malefícios que a amamentação pode trazer aos fios, como a queda que é tão comum nesta fase, mas é essencial ter conhecimento dos componentes de todos os produtos utilizados na gravidez, e isso vale desde os shampoos até os procedimentos feitos em salão”, afirma o hair stylist, Luigi Moretto.

Colorações

Seja pela vontade de mudar a aparência ou para esconder os fios brancos, a coloração é uma das principais dúvidas das gestantes. Contudo, principalmente no primeiro trimestre da gravidez, que ocorre a formação do feto, as mulheres devem optar por tintas específicas sem amônia e metais pesados, como o chumbo e o arsênio

“Uma opção para esta fase são os o tonalizantes. Mas, se a ideia for fazer reflexos e mechas é preciso esperar o 3º mês de gestação por conta da água oxigenada necessária para esta química”, aconselha Luigi. Ainda após esse prazo, os procedimentos devem ser feitos com cuidado, segurança e de preferência evitando o contato muito próximo com a raiz do couro cabeludo, já que é ali que se absorve as substâncias que caem diretamente na corrente sanguínea e podem passar para o bebê. 

Para quem não quer arriscar, mas ainda assim gostaria de mudar o visual, uma alternativa é o uso de tinturas naturais, como a de henna ou a 100% vegetal, por exemplo, que não contêm substâncias químicas. Tintas à base de água ou sem amônia também são boas opções. Vale ressaltar, contudo, que é importante consultar o médico antes de usar qualquer tipo de produto nos cabelos, tanto em casa como no salão.

Alisamentos, progressivas e botox

Ainda nos três primeiros meses de gestação, o ideal é que as grávidas não façam nenhum procedimento de transformação da curvatura ou da haste dos fios, como os alisamentos ou a escova progressiva, já que a grande maioria deles utilizam produtos que contém formol.

“Essa substância é considerada prejudicial para a formação do bebê, mas existem no mercado progressivas sem formol. Por isso, o cuidado deve ser para escovas naturalmente progressivas ou que não possuem formol”, afirma Luigi.

Saiba como cuidar do cabelo na gravidez: Procedimentos de tratamentos

Por outro lado, grávidas podem usar shampoos, máscaras de tratamento, cremes de hidratação, umectação e uma série de outros tratamentos. Porém, é necessário ter atenção no produto que será utilizado.

“É indicado ainda que shampoo e o condicionador sejam ideais para cada tipo de fio e que sejam de boa qualidade, assim como o uso de tônicos que estimulam o crescimento capilar e garantem a saúde dos fios para manter o couro cabeludo preservado e estimular o crescimento e fortalecimentos dos fios novos. Deste modo, fica mais fácil prevenir a queda que acaba sendo muito comum na fase da amamentação”, finaliza Luigi. Contudo, antes de escolher um tônico para queda, busque orientação com o seu médico tricologista.

Hábitos que danificam os cabelos na gravidez

Antes de entender o que pode prejudicar os fios, é importante saber por que isso acontece. O fio nasce do couro cabeludo livre de danos externos. Contudo, ao longo do tempo, os cabelos são expostos a fatores que contribuem diretamente para o desgaste. Portanto, além do envelhecimento dos fios, alguns hábitos aparentemente inofensivos e corriqueiros podem ser os responsáveis pela falta de vitalidade deles. Por exemplo:

  • Banhos muito quentes;
  • Uso de fontes de calor em excesso;
  • Químicas;
  • Sol, mar e piscina;
  • Cosméticos inadequados.

Fonte: Luigi Moretto, hair stylist.

 

   

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

dores nos glúteos e problemas na coluna
Saúde

Dores nos glúteos sinalizam problemas na coluna, diz especialista

Pesquisa aponta problemas na coluna como uma das principais causas de afastamento do trabalho

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros