Repelente de tomada faz mal para a saúde? É eficaz?

Bem-estar Casa
14 de Março, 2024
Repelente de tomada faz mal para a saúde? É eficaz?

Com a quantidade de casos de dengue aumentando cada vez mais ao redor do país, é essencial adotar medidas de combate e prevenção ao seu transmissor: o mosquito Aedes aegypti. Dentre as estratégias, muita gente aposta no clássico repelente de tomada – mas será que ele é eficaz ou faz mal para pessoas mais sensíveis? Saiba mais:

Afinal, o produto funciona?

Vanessa Truda, infectologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, explica que esse tipo de produto funciona sim como uma estratégia de prevenção contra a dengue. “Ele libera doses constantes de um odor que é desagradável para os mosquitos, evitando a entrada deles nos cômodos”, diz.

A eficácia do repelente de tomada é semelhante à de uma vela ou essência de citronela, por exemplo. Portanto, ele não deve substituir o uso do repelente tópico comum – apenas servir como um complemento para mais proteção.

No mercado ou em lojas online, é possível encontrar duas versões principais: uma é alimentada por um reservatório com um líquido transparente, e a outra leva pastilhas. A primeira dura, em média, um mês. Já a segunda, cerca de 12 horas. Após esses períodos, é preciso trocar os refis.

Leia também: Grávidas e bebês podem usar repelente?

Repelente de tomada faz mal?

De acordo com a médica, aqueles mais sensíveis podem apresentar efeitos adversos, principalmente se houver superexposição às substâncias presentes no acessório ou descuido de algumas práticas essenciais.

“Algumas pessoas podem apresentar reações alérgicas, problemas respiratórios e irritações na pele ou na garganta. Crianças, idosos e indivíduos alérgicos podem ser mais suscetíveis.”

Para evitar toxicidades, o ideal é deixar pelo menos uma porta ou uma janela entreabertas durante o uso do aparelho. Além disso, “é importante seguir a recomendação de manter uma distância de dois metros do produto. No caso da cama, considerar a distância entre a tomada e a cabeceira”, complementa a especialista.

Leia também: Repelentes caseiros ajudam na luta contra a dengue?

Por fim, é importante reforçar que uma prevenção efetiva da dengue envolve um conjunto de atitudes. Então, junto com a utilização do repelente de tomada, lembre-se de:

  • Evitar acúmulo de água parada em casa: verifique se a caixa d’água e as lixeiras estão bem tampadas, coloque areia nos pratos das plantas, limpe calhas, cubra piscinas, tampe ralos e deixe o vaso sanitário fechado, limpe a bandeja externa da geladeira e limpe com frequência as vasilhas dos pets;
  • Utilize repelente tópico (em creme ou aerossol) e fique de olho nas recomendações de reaplicação;
  • Cubra a maior parte do corpo com roupas claras quando possível;
  • Coloque telas em janelas e portas;
  • Verifique a possibilidade de vacinação contra a doença.

Fonte: Vanessa Truda, médica infectologista do Hospital Edmundo Vasconcelos.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros