Estudo revela que quanto mais você falar, mais você viverá

9 de janeiro, 2020

Para pessoas que adoram uma bate-papo, temos uma ótima notícia! Foi comprovado que quanto mais você falar, mais você viverá.

Segundo um professor de psiquiatria da Universidade de Nova York, Luis Rojas Marcos, que pesquisa e defende a teoria há vários anos por meio de seu livro “Somos o que falamos”, falar não apenas acrescenta vitalidade aos anos, mas também anos de vida.

Leia também: Estudo de Harvard relaciona o otimismo com a longevidade

Diante disso, o recomendado se você deseja viver mais é dizer – pelo menos – 15 mil palavras por dia. Assim, uma tarefa fácil se você gosta de conversar.

Pessoas com mais anos de vida são mais falantes

Por outro lado, foi feito um estudo realizado pela Faculdade de Medicina Albert Einstein da Universidade de Yeshiva, nos Estados Unidos, aplicada a 250 pessoas de 95 a 100 anos para verificar personalidade e carga genética.

Os pesquisadores descobriram que, além de seus genes, todos possuíam a mesma característica. Todos falavam mais do que pessoas comuns, uma característica que resultava em personalidades mais extrovertidas e ainda mais alegres e otimistas.

Leia mais em: Qual o verdadeiro significado de felicidade?

Dessa forma, essas características tendem a melhorar a qualidade de vida das pessoas porque estão sujeitas a níveis mais baixos de estresse, que é uma das principais causas de problemas de saúde.

Sendo assim, tenha em mente que falar demais não é um problema. E se alguém lhe disser isso, poderá responder que está se preparando para viver muito mais anos.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.