Propriocepção: O que é e qual a importância

Bem-estar Movimento
17 de Agosto, 2020
Propriocepção: O que é e qual a importância

A propriocepção é a capacidade sensorial de reconhecer em que posição está cada parte do nosso corpo. Essa percepção permite manter o equilíbrio em qualquer circunstância e também ajuda a evitar lesões quando praticamos esportes.

Existe uma rede de sensores proprioceptivos, localizados nos músculos, tendões e articulações. Desse modo, a propriocepção ocorre pois essas células enviam informações ao Sistema Nervoso Central, que faz o trabalho de manter a postura correta, parado ou em movimento.

Importância

Ter a propriocepção é importante não só para manter o equilíbrio corporal, mas também para o sistema vestibular (conjunto de órgãos do ouvido interno) e o sistema visual, que são fundamentais para se manter em pé. Quanto mais você desenvolve essa capacidade, mais você obtém os benefícios. 

Porém, quando o sistema proprioceptivo não está devidamente estimulado existe um maior risco de quedas e entorses. Isso ocorre especialmente em pessoas sedentárias e que não praticam exercícios de propriorcepção. Pois a velocidade em que seu corpo transmite a informação não é suficiente para corrigir as posições dos músculos antes que os ligamentos sejam afetados.

Além disso, quando envelhecemos esse sistema sofre uma insuficiência. Podendo ser muitas vezes, a causa de quedas e lesões em idosos. 

Mas a boa notícia é que com os exercícios de propriocepção isso pode ser evitado. Por exemplo, ter posturas variadas durante as atividades cotidianas estimula a propriocepção, fornecendo um esforço adicional, embora inconsciente, aos neurônios. 

Exercícios simples de propriocepção

Os exercícios proprioceptivos devem ser orientados por um profissional como fisioterapeuta, para adequar os exercícios de acordo com as limitações e necessidades do paciente.

Veja abaixo alguns exemplos de exercícios que podem auxiliar:

  • Caminhar numa linha reta durante 10 metros, com um pé à frente do outro;
  • Fazer 3 à 5 agachamentos com apenas 1 pé no chão, braços estendidos à frente, e depois com olhos fechados;
  • Ficar de pé sobre uma superfície arredondada, como uma bola bosu, por exemplo.
  • Pular na cama elástica, elevando um joelho de cada vez;

Por fim, estes movimentos podem ser realizados todos os dias, durante cerca de 10 à 20 minutos.

Leia também: Por que 10 mil passos? Quantos passos realmente devemos dar por dia?

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina