Problemas ortopédicos causados pelo celular

Saúde
20 de Abril, 2022
Problemas ortopédicos causados pelo celular

O celular é uma das ferramentas mais versáteis que existem. Ler notícias, conversar com amigos, paquerar, jogar, alavancar negócios. Você pode fazer isso e muito mais com os smartphones. No entanto, ficar conectado o dia inteiro pode causar problemas ortopédicos.

A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia afirma que o número de pessoas com problemas de coluna – principalmente na vertebral (pescoço) – decorrente do uso de celular e postura inadequada está aumentando. 

Síndrome de text neck 

O modo como inclinamos a cabeça para olhar para o aparelho causa a síndrome text neck, que em português significa, literalmente, síndrome do pescoço texto. De acordo com o médico neurocirurgião Dr. Marcelo Amato, essa posição incorreta pode causar alterações irreversíveis na curvatura da coluna.

Por causa de uma projeção que mal percebemos da nossa cabeça ao olhar o celular constantemente, desenvolvemos dor cervical crônica, torcicolos recorrentes, hérnia de disco cervical, bicos de papagaio, etc. 

“Fletir a cabeça para a frente e, consequentemente, a coluna cervical, traz mais pressão à parte anterior dos discos intervertebrais, o que pode gerar dano a essas estruturas. Nossa coluna não é reta, existem curvaturas fisiológicas que facilitam o seu bom funcionamento. Ao fletir a cabeça, perdemos a lordose fisiológica, podendo ficar retificada e mesmo com inversão da curvatura, ou seja, uma cifose cervical”, explica o Dr. Amato.

Mas é importante lembrar que a má postura cervical acompanha o ser humano antes dos celulares. A postura adotada para leitura ou estudo em mesa plana por estudantes por tempo prolongado, por exemplo, sempre trouxe prejuízo à coluna cervical. Com o boom dos smartphones, a queixa aumentou. 

O neurocirurgião conta que todas as faixas etárias estão sofrendo com essa questão. Assim, estão cada vez mais presentes no consultório queixas de adolescentes e crianças com dores na coluna cervical. “Situação nitidamente associada a hábitos ruins como sedentarismo, tempo prolongado em jogos eletrônicos e postura inadequada para estudo ou lazer”, enfatiza o Dr. Amarto.

Dor de cabeça

As dores de cabeças por conta da má postura também são sintomas muito comuns. Isso porque a musculatura cervical tem uma ligação com a região occipital.

Leia também: Postura: Melhores lugares para sentar trabalhando em casa

Dicas para evitar problemas ortopédicos 

De acordo com Dr. Amato, a regra principal é manter o pescoço neutro, ou seja, os braços devem levar o celular ou tablet para a frente dos olhos. Essa posição pode levar à fadiga dos braços e, consequente, tensão cervical, portanto, sempre que possível deve-se apoiar os braços ou cotovelos, o que é mais fácil na posição sentada.

E se a pessoa já possui algum problema na coluna, deve ter atenção redobrada ao usar o celular e, ainda, praticar atividade física orientada para prevenir lesões na cervical, como indica Dr. Amato.

Fonte: Dr. Marcelo Amato – médico neurocirurgião, graduado e doutor pela USP Ribeirão Preto. Especialista em neurocirurgia pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), pela Associação Médica Brasileira (AMB), e em cirurgia de coluna pela Sociedade Brasileira de Coluna (SBC). Diretor do Hospital Dia Amato, centro especializado em cirurgias minimamente invasivas da coluna.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

mulher com as mãos na barriga
Saúde

Vaginismo afeta o bem-estar e pode ter causas emocionais

O vaginismo é um tipo de dor que acontece durante a penetração. As causas normalmente englobam aspectos psicológicos, e problema atrapalha a vida sexual

foto do ator Tony Ramos
Saúde

Hematoma subdural: entenda quadro de Tony Ramos

Tony Ramos passou por duas cirurgias após apresentar um hematoma subdural. Segundo boletim médico, ator já tem "melhora na evolução do quadro clínico"

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!