Por que sonhamos? Psicanalista explica

Bem-estar Sono
17 de Maio, 2023
Por que sonhamos? Psicanalista explica

Uma dúvida comum de muita gente é: afinal, por que sonhamos? De acordo com Ronaldo Coelho, psicólogo e professor de psicanálise, o aparecimento dos sonhos tem relação com a formação da consciência.

“Começamos a sonhar na mesma fase em que começamos a desenvolver o que chamamos de consciência, isto é, ainda crianças. É quando começamos a ter pensamentos próprios dentro da nossa cabeça e a ter lembranças de algo que aconteceu durante o dia, à noite ou antes de acordar. Esse processo de maturação acontece entre os 3 e 4 anos de idade”, explica.

Segundo ele, este é o momento em que as crianças lembram dos sonhos, que passamos a ter o registro de que algo ocorreu durante a noite e contam para os pais ou pessoas próximas. São os adultos, contudo, que compreendem que a criança está falando de um sonho e nomeiam dessa forma para ela, emprestando-lhe esse sentido.

Leia mais: Comidas pesadas e pesadelo: Comer antes de dormir atrapalha os sonhos?

E por que não lembramos dos sonhos?

Freud já dizia no início do século passado, e hoje isso foi comprovado pela neurociência, que sonhamos todas as noites, mas nem sempre conseguimos lembrar. Para tanto é necessário que um segundo processo se dê para que lembremos. “Esse processo, que Freud nomeou de formação ou elaboração secundária do sonho, é o que possibilita a gente a lembrar do sonho e conseguir contá-lo a alguém. O sonho não existe por completo antes desse processo”, explica.

Por que sonhamos: pesadelos

Todos os sonhos são formados por uma junção do que aconteceu no dia. Assim, as coisas significativas que estão acontecendo na vida da pessoa e ocorrem como realização de desejos, ou elaboração de conflitos.

“Se a pessoa está passando por uma situação difícil em sua vida é possível que tenha um sonho bom, onde seus problemas não existem e todas as coisas estão resolvidas, de modo a realizar esse desejo. Do mesmo modo, pode se produzir um pesadelo que passe a ter mais a característica de elaboração de conflitos importantes, um modo de lidar com a angústia que vai por outro caminho, o de fazer com que a pessoa se prepare para o que está por vir, por exemplo. Cada uma das formas de sonhar diz muito da organização psíquica e do universo mental de cada paciente”.

Assim, explica, os sonhos são ainda hoje elementos importantes para o processo psicanalítico.

Fonte: Ronaldo Coelho, psicólogo e professor de psicanálise.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

aveia com limão
Alimentação Bem-estar

Dieta Oatzempic: suco de aveia com limão realmente emagrece?

Shake não oferece riscos, mas não cumpre efeitos milagrosos na perda de peso

foto mostra salsão (também conhecido como aipo) de diferentes maneiras: in natura, cortado em pedaços pequenos e em forma de suco
Alimentação Bem-estar

Suco de salsão (aipo) é multivitamínico. Veja como fazer!

Sai a couve, entra o salsão como ingrediente do suco verde, prometendo tanto ou mais benefícios

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra