Pele oleosa no verão: Confira 5 dicas de cuidado na estação mais quente do ano

Beleza Bem-estar
18 de Janeiro, 2023
Pele oleosa no verão: Confira 5 dicas de cuidado na estação mais quente do ano

A pele oleosa é o tipo de pele predominante entre os brasileiros. Produção excessiva de sebo, aspecto brilhante, poros dilatados e predisposição ao surgimento de cravos e espinhas são algumas das características desse tipo de pele. No entanto, nas altas temperaturas, esse quadro pode piorar ainda mais, já que o calor estimula a produção de sebo na pele oleosa no verão. Continue lendo e saiba mais.

Leia também: Sucos refrescantes que ajudam a emagrecer no verão

Características da pele oleosa

A pele oleosa é caracterizada pelo aspecto brilhante, úmido e, na maioria das vezes, indesejado. Além disso, geralmente é mais espessa e apresenta um relevo irregular devido a produção de óleo acima do normal. Assim, pode sofrer ainda mais no calor, já que as temperaturas elevadas aumentam ainda mais a produção de secreção oleosa. Essas características também favorecem a formação de espinhas, acne e cravos.

As principais causas para esse tipo de pele são: fatores genéticos, hormonais, excesso de sol e calor, estresse e alimentos gordurosos. Apesar de muitos fatores serem inevitáveis, existem algumas práticas que podem diminuir significativamente a oleosidade da pele. Confira a seguir.

Dicas de cuidado com a pele oleosa no verão

Não exagere na limpeza

Especialmente no verão, é tentador higienizar a pele diversas vezes ao dia para remover a oleosidade. No entanto, o hábito pode ter efeito contrário. “Evite lavar o rosto mais que duas vezes ao dia. Quanto mais vezes lavamos o rosto, maior a produção de sebo. Portanto, procure ainda utilizar água fria para lavar a pele oleosa no verão. Assim, a água fria ajuda no controle da oleosidade, ao contrário da água quente, que estimula a produção de sebo”, explica a Dra. Cintia Guedes, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Invista na hidratação

Engana-se quem acredita que pele oleosa no verão não necessita de hidratação. Na verdade, o uso diário de um hidratante é indispensável para evitar o efeito rebote e manter a oleosidade sob controle.

“Um dos maiores mitos sobre a hidratação da pele é que a pele oleosa não precisa ser hidratada ou até mesmo que não pode ser hidratada, pelo receio de que o hábito cause espinhas e cravos. Mas oleosidade é diferente de hidratação: enquanto a primeira se refere ao excesso de sebo, a segunda trata da quantidade de água na pele”, alerta a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff.

Vale ressaltar, no entanto, que quem possui pele oleosa deve optar por produtos específicos para esse tipo de pele para evitar sensação de pele pegajosa e o surgimento de cravos e espinhas. Dê preferência, por exemplo, para cosméticos que confiram hidratação prolongada em veículos mais fluídos e oil free.

Atente-se à alimentação

A dieta possui impacto direto na pele como um todo, inclusive na produção da oleosidade. “Sabemos que a dieta impacta diretamente a função das glândulas sebáceas, responsáveis pela produção de óleo na pele, que tem importante função de proteção e manutenção de equilíbrio e textura cutânea. Mas, se for excessiva ou deficiente, pode levar a disfunções”, explica a médica nutróloga Dra. Marcella Garcez.

“Uma dieta desequilibrada prejudica o organismo, aumentando o perfil inflamatório também da pele, o que geralmente resulta em maior estímulo das glândulas sebáceas. Por exemplo, o consumo excessivo de gorduras não saudáveis presentes em alimentos ultraprocessados, gorduras vegetais modificadas, gorduras saturadas de origem animal, frituras de imersão, alimentos pró-inflamatórios, como açúcares em geral e farinhas brancas e refinadas, e ainda ingredientes alergênicos, como os corantes e conservantes artificiais”, explica a Dra. Marcella.

Cuide também da barba

Homens, de maneira geral, tendem a possuir a pele mais oleosa que mulheres. E aqueles que cultivam barbas longas e volumosas podem sofrer ainda mais com o problema, resultando em pele e fios oleosos. Por isso, cuidar da barba é fundamental para manter a oleosidade sob controle.

“O cuidado com a barba começa na higiene adequada. Manter a barba limpa ajuda no controle da oleosidade da pele, além de remover as impurezas acumuladas ao longo do dia, como suor, poeira, poluição, restos de alimentos e cosméticos. Dessa forma, após a lavagem, é importante secar a região, evitando assim a proliferação de fungos. Além da higiene, o pelo da barba também necessita de hidratação, que deve ser realizada em seguida com produtos específicos”, explica a dermatologista Dra. Jaqueline Zmijevski.

Aposte em um primer na pele oleosa no verão

Por fim, a pele oleosa no verão e maquiagem são uma combinação desastrosa, mas é perfeitamente possível evitar que a maquiagem derreta. “Uma dica interessante é complementar a rotina skincare com um primer, que estabiliza a oleosidade da pele, deixando-a menos brilhosa e com toque mais seco, o que faz com que a maquiagem dure mais”, diz a Dra. Paola.

“É interessante também optar por maquiagens com textura leve formuladas com ingredientes não oleosos. Além disso, evite ainda as maquiagens líquidas de alta cobertura, que tendem a derreter mais facilmente e favorecem a obstrução dos poros”, aconselha a médica.

Fontes:

  • Dra. Paola Pomerantzeff, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).
  • Dra. Cintia Guedes, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).
  • Dra. Marcella Garcez, médica nutróloga e mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR.
  • Dra. Jaqueline Zmijevski, dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

lesões no beach tennis
Bem-estar Movimento

Lesões no beach tennis: joelho e ombro são as mais comuns. Veja como evitar

Assim como em outras atividades, também há risco de lesões no Beach Tennis. Portanto, veja dicas de como evitar lesões como epicondilite lateral.

fasting mimicking
Alimentação Bem-estar

Diet Fasting Mimicking: o que é o método que imita jejum?

A metodologia restringe calorias por um período de tempo determinado

óleo de coco
Alimentação Bem-estar

Óleo de coco: benefícios e possíveis usos

Multiuso e cheio de benefícios, o óleo de coco é um dos destaque do momento para quem procura uma vida mais saudável. Saiba mais