Osteomielite: o que é, sintomas e tratamento

Saúde
08 de Agosto, 2022
Osteomielite: o que é, sintomas e tratamento

A osteomielite consiste em uma infecção do osso, geralmente causada por bactérias ou fungos, principalmente o Staphylococcus aureus. Desse modo, essa bactéria pode entrar no corpo de diferentes formas, por meio da corrente sanguínea ou lesões na pele.

De acordo com a Dra. Elina Kikuchi, médica da Vitat, a osteomielite costuma acontecer em braços, pernas ou coluna. Mas também pode ocorrer em qualquer osso do corpo. 

“Pode ser classificada em aguda, se os sintomas se iniciaram em dias ou semanas ou crônica, se a osteomielite não for tratada com sucesso e os sintomas persistirem por meses ou anos”, explica a médica.

Sintomas da osteomielite

O principal sinal da osteomielite é a dor na região infectada. Além disso, a pessoa pode apresentar os seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão;
  • Aumento de temperatura no local;
  • Calafrios;
  • Mal-estar;
  •  Saída de pus na região.

Causas da osteomielite

A Dra. Elina afirma que os microorganismos podem causar a osteomielite através de três maneiras. Assim, confira quais são:

  • Pelo sangue: uma infecção de outra parte do corpo pode ser chegar até os ossos ou ser causada por uso de agulha contaminada;
  • Por infecção direta: pode acontecer em situações como por exemplo, fraturas expostas, cirurgia ou por objetos que perfuram o osso;
  • Por infecções em regiões próximas: por exemplo, feridas na pele, infecção dentária, câncer, radioterapia, etc.

Fatores de risco

A osteomielite ocorre mais em crianças pequenas e em pessoas idosas. Porém, pode ocorrer em todas as faixas etárias, principalmente em pessoas com doenças graves.

Como é feito o diagnóstico?

Após notar os sintomas, o ideal é buscar avaliação médica. Dessa maneira, o diagnóstico é feito através de exames de sangue para avaliar a presença de infecção, como o VHS (velocidade de hemossedimentação) ou o PCR (proteína C reativa), que aumentam em situações de inflamação.

“A radiografia simples da região afetada pode mostrar alterações características de osteomielite. Mas, às vezes, essas alterações só aparecem semanas após os primeiros sintomas” ressalta Dra. Elina.

Leia também: Exames de imagem que indicam câncer nos ossos: quais os principais?

Ademais, o médico pode pedir uma tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) para identificar o osso infectado e revelar outras infecções próximas.

Além disso, a médica da Vitat afirma que, para ter a confirmação do diagnóstico, é necessário realizar biópsia por agulha ou cirurgia, com coleta de material e isolamento do microorganismo que está causando a infecção.

Tratamento

A boa notícia é que a osteomielite tem cura. Assim, o tratamento é realizado através de antibioticoterapia ou antifúngicos por no mínimo 6 semanas, seja endovenoso ou por via oral, dependendo do agente causador da infecção.

“Quando necessário, também é realizada cirurgia para remover o osso e os tecidos mortos da região acometida”, lembra a médica da Vitat.

Dicas para prevenir

Para evitar a osteomielite, é ideal ter alguns cuidados. Portanto, veja as dicas da Dra. Elina:

  • Cuidados com os pés, principalmente em indivíduos portadores de diabetes;
  • Evitar lesões de pele em pessoas com dificuldade de movimentação;
  • Tratamento precoce de feridas na pele;
  • Diagnóstico e tratamento adequado das infecções.

Referências: Uptodate 2022. Patient education: Osteomyelitis in adults (The Basics); Manual MSD. Osteomielite.

Fonte: Dra. Elina, médica da Vitat.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas

check-up ginecológico
Bem-estar Saúde

Check-up ginecológico: quais exames a mulher deve realizar anualmente?

A rotina de exames permite diagnóstico rápido para diversas doenças, ampliando as chances de um tratamento eficaz