Óleo de peixe pode estar ligado à queda de cabelo

Alimentação Beleza Bem-estar
13 de Junho, 2023
Óleo de peixe pode estar ligado à queda de cabelo

O óleo de peixe, muitas vezes considerado um alimento saudável, pode estar relacionado à queda de cabelo. Foi o que descobriram pesquisadores em um artigo publicado na revista científica Cell Reports.

O achado aconteceu por acaso: inicialmente, os cientistas buscavam estabelecer uma ligação entre dietas ricas em gordura e o aparecimento de tumores cancerígenos, bem como investigar qual tipo de gordura traria o maior risco de desenvolvimento da doença.

Para isso, eles submeteram três grupos de camundongos a três dietas diferentes — uma com óleo de peixe, outra com óleo de palma e a última normal, sem nenhum suplemento. Então, depois de algumas semanas, puderam perceber que os animais que consumiram o óleo de peixe começaram a perder pelo na região das costas.

A observação logo intrigou os pesquisadores, que mudaram o rumo da pesquisa.

Leia também: Queda de cabelo: principais causas e o que funciona para prevenir e tratar

Óleo de peixe e queda de cabelo: possíveis relações

Com o uso da técnica de fluorescência, rastreou-se o percurso do óleo de peixe no organismo dos ratinhos. Desse modo, constatou-se que o ômega-3, presente no alimento, era depositado na pele dos animais.

Ao ficar estocado lá, o composto é capaz de causar a morte dos folículos pilosos (onde os pelos e os cabelos nascem e crescem), gerando a queda dos pelos.

É claro que a descoberta necessita de mais investigações, e a pesquisa possui algumas limitações, pontuadas pelos próprios autores. Uma delas, por exemplo, é que não é possível saber se a mesma coisa aconteceria em humanos, uma vez que houve apenas o teste com animais.

Os pesquisadores sugeriram que “as dietas ocidentais contêm pouca gordura ômega-3, o que dá a este caminho biológico menos relevância”. Ou seja: você não precisa parar de comer peixes como salmão e atum, visto que a quantidade de gordura presente neles talvez não seja suficiente para provocar perda de cabelo. Além disso, se quiser suplementar ômega-3 (ou qualquer outro nutriente), conte com a ajuda de um profissional.

Leia também: Usar boné com frequência causa calvície? Entenda

Mas há relação entre alimentação e queda de cabelo?

Assim como todos os órgãos e estruturas do nosso corpo, os cabelos também precisam de nutrientes. Então, em vez de falar de apenas um ou outro alimento que provoca a queda dos fios, é preciso pensar na alimentação em geral.

Por isso, o mais recomendado é priorizar uma dieta mais colorida, variada e natural possível, com quantidades adequadas de proteínas. Além disso, é importante cuidar do consumo de água, bem como não exagerar nos açúcares e ultraprocessados.

Proteja seus lábios no frio

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas