Coceira persistente pode ser sinal de notalgia parestésica. Entenda a condição

Saúde
23 de Agosto, 2023
Coceira persistente pode ser sinal de notalgia parestésica. Entenda a condição

Coceiras podem ser causadas por diferentes motivos. Entre as questões mais comuns estão alergias, ressecamento, picada de inseto e até irritações na pele. Mas o problema é quando a sensação de formigamento e queimação é constante, o que pode indicar notalgia parestésica. Saiba mais a seguir! 

Veja também: Dor nas costas? Principais motivos, como prevenir e exercícios!

Notalgia parestésica: O que é?

A notalgia parestésica (NP) é uma síndrome rara que atinge os nervos das costas, em especial na parte superior. Ela é capaz de causar prurido, ou seja, coceira crônica e dor nas costas que pode ser acompanhada de mancha acastanhada. 

Até o momento, as causas da notalgia ainda são desconhecidas, mas acredita-se que a condição seja desencadeada por uma compressão de músculo que pode ser provocada por má postura ou outras reações degenerativas. 

De forma geral, a condição tende a atingir mais mulheres (entre 50 e 60 anos) com a queimação e espessamento da pele devido a coceira constante. Vale lembrar que, embora a notalgia parestésica não seja uma condição que coloque a vida em risco, os sintomas persistentes podem ter um impacto significativo na qualidade de vida dos pacientes, causando desconforto e afetando seu bem-estar emocional.

Sintomas 

Os sintomas mais comuns incluem:

  • Coceira crônica (constante)
  • Hiperpigmentação acastanhada;
  • Sensibilidade da área afetada;
  • Formigamento local e constante;
  • Ardência;
  • Lesões e manchas.

Além disso, um dos sintomas é que a NP pode se manifestar de forma unilateral, ou seja, apenas um lado das costas apresenta coceira.

Diagnóstico e tratamento

Na maioria das vezes, o diagnóstico clínico é desafiador e costuma demorar na maioria dos casos, já que os sintomas podem se sobrepor a outras condições dermatológicas ou neurológicas. Isso pode levar a um diagnóstico inicial errôneo em alguns casos.

Mas, de forma geral, envolve observação dos sintomas, exames clínicos, e exclusão de outras condições, já que não existem testes específicos. 

A notalgia parestésica é uma doença crônica, o que significa que o tratamento serve para proporcionar mais qualidade de vida para o portador, mediando os sintomas mais incômodos. Portanto, o tratamento é multidisciplinar e pode ser feito através de sessões de fisioterapia com o objetivo na correção da coluna e alívio dos sintomas. Além disso, o uso de pomadas específicas e cremes para coceira também pode ajudar os pacientes a obterem mais bem-estar.

Referência: Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Ozempic, Wegovy e Mounjaro
Saúde

Ozempic, Wegovy e Mounjaro: endocrinologista explica diferenças

Como as chamadas "canetas emagrecedoras" atuam contra o diabetes e obesidade?

Mulher grávida ao lado de um médico, que está olhando uma prancheta, explicando as doenças mais comuns na gravidez
Gravidez e maternidade Saúde

7 doenças mais comuns na gravidez e como identificá-las

As alterações da gravidez podem enfraquecer o sistema imunológico da mulher, tornando-a mais propensa a doenças e infecções comuns no período

Creatina na menopausa
Alimentação Bem-estar Saúde

Creatina na menopausa: suplemento ameniza efeitos e promove bem-estar

A suplementação surge como uma alternativa promissora para combater os efeitos negativos da menopausa e promover o bem-estar feminino