Nós de Fada: saiba o que causam os nozinhos no cabelo e como evitá-los

Beleza Bem-estar
23 de Março, 2022
Nós de Fada: saiba o que causam os nozinhos no cabelo e como evitá-los

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca sofreu ao encontrar vários nozinhos no cabelo e, mesmo depois de penteá-lo, não conseguiu vencê-los. Conhecido popularmente de “nós de fada”, este problema se chama triconodose e é muito mais comum do que pensamos.

Diferente dos nós que costumamos tirar apenas com a ajuda de um pente ou escova, contudo, os nós de fada são quase impossíveis de serem desfeitos, devido ao seu minúsculo tamanho.

O que são e como surgem os nós de fada

Os nós de fada são nozinhos que surgem nos cabelos e, de tão pequenos, ficam quase imperceptíveis se não olharmos de perto.

“Geralmente, eles aparecem nas pontas dos fios, mas também é possível acontecer em seu comprimento”, aponta Katia Timani, terapeuta capilar da Heax Recuperação Capilar, em São Paulo.

Leia também: Cabelo poroso: O que significa, como identificar e tratamentos

Os cabelos que costumam sofrer mais com este problema são os cacheados, crespos e afros, uma vez que eles possuem uma textura mais ressecada e um formato que favorece o embaraço. É possível, contudo, que as triconodoses também aconteçam em madeixas lisas que estejam fragilizadas.

Segundo a profissional, a principal causa do surgimento dos nós de fada é o atrito dos fios, mas há também outros tipos de agressões externas que influenciam em seu aparecimento.

Leia também: 6 sinais de que seu cabelo está caindo mais do que o normal

“A falta de protetores térmicos antes do uso de chapinhas e secadores, a má higienização, pentes e escovas de má qualidade e o uso de fronhas inadequadas também podem desencadeá-los”, afirma ela.

Como consequência destes fatores, o fio perde suas camadas da cutícula e fica com o córtex exposto, deixando-o mais frágil e levando à formação dos nós.

Como evitar as triconodoses?

Katia explica que, uma vez feitos, é muito difícil tirar os nós de fada dos cabelos.

“Mesmo que você consiga desfazer com uma agulha, aquela parte do fios não será mais a mesma. Ela já estará fragilizada e quebradiça”, esclarece.

Contudo, ela indicou alguns cuidados diários podem ajudar a evitar as triconodoses:

  • Cortar as pontas dos cabelos de 3 em 3 meses;
  • Massagear as pontas dos fios com condicionador antes de lavar, ajudando-os a se manterem alinhados;
  • Desembaraçar os cabelos pelo menos três vezes por semana. “Pode ser durante ou pós banho, passando creme desembaraçante, mas nunca de cabelo seco”, orienta a profissional;
  • Usar fronhas ou toucas de cetim;
  • Buscar tratamentos em clínicas especializadas em recuperação capilar. “Isso ajuda a promover a saúde dos fios, deixando eles mais fortes, mais grossos e sedosos.”

Fonte: Katia Timani, terapeuta capilar da Heax Recuperação Capilar, em São Paulo.

Proteja seus lábios no frio

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

lata de leite condensado cozida aberta com abridor
Bem-estar Casa

Doce de leite na air fryer dá certo? Pode explodir?

Uma receita de doce de leite na air fryer viralizou recentemente no TikTok. Mas será que realmente dá certo? Confira

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

ovo ajuda no ganho de massa
Alimentação Bem-estar

Aumentar o consumo de ovos ajuda no ganho de massa muscular?

Um adulto deve ingerir cerca de 1 a 3 ovos por dia, mas recomendação pode mudar dependendo individuais