Mudança de hábito: a chave para ter uma vida mais saudável

Bem-estar Equilíbrio Saúde
19 de Abril, 2023
Mudança de hábito: a chave para ter uma vida mais saudável

Ter mais saúde, emagrecer, envelhecer bem e comer melhor são patamares desejáveis para a maioria das pessoas. Mas, independente do seu objetivo, todas as tentativas serão em vão sem a ajuda de um mecanismo — a mudança de hábito. Através dela é que construímos uma jornada equilibrada para alcançar um estilo de vida mais saudável.

Na raiz da palavra, hábito significa rotina ou prática executada regularmente. Ou seja, uma resposta automática para uma situação específica. É aquilo que te move todas as manhãs, te faz parar o despertador exatamente no mesmo horário, levantar, escovar os dentes e preparar o seu café. Observe que você não pensa em colocar essa pequena rotina matinal em prática. Apenas se levanta e faz. 

E se esse mesmo “piloto automático” pudesse nos controlar para fazermos as tarefas mais difíceis como treinar todos os dias, meditar, reservar 1h de estudo ou adotar uma alimentação mais saudável? A boa notícia é que isso é possível. Com a mudança de hábitos simples, conseguimos produzir mudanças impressionantes. Continue lendo e entenda. 

Veja também: Relação com dinheiro afeta saúde e também deve ser tema de terapia

Mudança de hábito: afinal, por onde começar? 

Na maioria das vezes, os maus hábitos já são conhecidos, como se alimentar mal, ter uma rotina sedentária, fumar, beber em excesso etc. Contudo, de acordo com pesquisadores da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, mais de 40% das nossas ações diárias são hábitos não decisões intencionais. Por isso, o primeiro passo é fazer uma análise da sua rotina para identificar todos os hábitos negativos para começar a ressignificá-los.

Em seguida, é importante entender que os hábitos estão diretamente ligados aos nossos valores e crenças pessoais, que são as forças que moldam o nosso comportamento. Por isso, ao mudar um hábito, estamos mudando também a personalidade.

É aqui que entra o fator recompensa. De forma geral, a recompensa é o prêmio por ter cumprido uma determinada tarefa. O nosso cérebro é motivado por elas. Portanto, o estímulo positivo ocorre e diz ao seu cérebro que a rotina funciona, e por isso deve ser armazenada. Dessa forma, entender quais são as recompensas do seu processo de mudança de hábitos, certamente deixará a rotina prazerosa e com micro vitórias durante a jornada. 

Constância e paciência

Um erro muito comum na mudança de hábitos é começar com metas audaciosas e de certa forma, muito competitivas. Porém, na maioria das vezes é justamente esse ponto de partida que é determinante para o sucesso da jornada. Ao não alcançar os objetivos, sentimentos como frustração e desânimo podem vir à tona e interromper completamente o ciclo de mudança. 

Por isso, é necessário ir com calma. Comece com uma mudança por vez, com metas simples, mas valorizando a constância. Ou seja, reservar um tempo para a mudança de hábito todos os dias. Nesse ponto, a repetição faz muita diferença e tornará o processo natural com o passar do tempo. Contudo, é necessário ter paciência para esperar os frutos da dedicação e do esforço.

 

Referência: Hábitos Atômicos – Um método Fácil e Comprovado de Criar Bons Hábitos e Se Livrar dos Maus – James Clear. 

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

Ivete Sangalo pneumonia
Saúde

Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

A pneumonia é uma infecção respiratória que causa tosse com muco ou pus, febre e dificuldade respiratória

foto de uma caderneta de vacinação com uma seringa
Saúde

Caderneta de vacinação em dia ajuda a evitar surtos de doenças

Especialistas alertam que a vacinação é um pacto de saúde coletivo

chá de canela
Alimentação Bem-estar

Chá de canela: para que serve, benefícios e como preparar

A bebida é uma ótima opção para esquentar o corpo — muitos afirmam, ainda, que ela emagrece. Saiba tudo sobre o chá de canela