Motivos pelos quais você está ganhando peso

14 de outubro, 2019

O ganho de peso pode ser extremamente frustrante, principalmente quando você não sabe o que está causando os quilos indesejados. 

Enquanto a alimentação normalmente desempenha o maior papel no ganho de peso, outros fatores – como estresse e falta de sono – também podem contribuir.

Confira os motivos pelos quais você pode estar ganhando peso:

Dieta rica em alimentos processados

Muitos alimentos saudáveis, como aveia, frutas congeladas e iogurte, são minimamente processados.

No entanto, alimentos altamente processados, incluindo cereais açucarados, fast food e comida congelada, contêm uma grande quantidade de ingredientes nocivos, além de açúcares, conservantes e gorduras não saudáveis.

Além disso, vários estudos vinculam alimentos altamente processados ​​ao ganho de peso, além do aumento das taxas de obesidade. Eles ​​são normalmente cheios de calorias, mas desprovidos de nutrientes essenciais, como proteínas e fibras, que mantêm a sensação de saciedade.

Portanto, considere cortar refeições e lanches processados, concentrando-se em alimentos integrais.

Faça sua avaliação de peso, descubra seu peso ideal e aprenda a emagrecer com a Low Carb. Clique para saber mais

Excesso de açúcar

Consumir regularmente alimentos e bebidas açucaradas, como doces, bolos, refrigerantes, sorvetes e biscoitos, pode ser um dos motivos pelos quais você está ganhando peso. 

Muitos estudos vinculam a ingestão de açúcar não apenas ao ganho de quilos indesejados, mas também a um risco aumentado de condições crônicas de saúde, incluindo diabetes tipo 2 e doenças cardíacas.

Sedentarismo

A inatividade é um contribuinte comum para os números da balança e doenças crônicas. Fazer algumas mudanças simples no estilo de vida, como se exercitar e passar menos tempo sentado, pode fazer uma grande diferença.

Mesmo pequenos ajustes, como caminhar após o jantar em vez de correr para a TV, malhar ou caminhar durante o almoço, investir em uma esteira ou andar de bicicleta para o trabalho podem contrariar o sobrepeso.

Seguir uma dieta restritiva

Fazer dieta restritivas podem levar a um ganho de peso futuro devido às respostas fisiológicas do corpo a tais comportamentos, como alterações nos hormônios da fome e da plenitude. 

Além disso, a maioria das pessoas que perdem peso com uma dieta restritiva recupera a maior parte ou a totalidade quando abandona o plano alimentar. 

Para manter o peso a longo prazo, é preciso se concentrar em mudanças sustentáveis ​​no estilo de vida. Isso inclui exercícios, cortar alimentos processados ​​e açucarados e comer alimentos integrais e ricos em nutrientes, fibras e proteínas.

Problemas de saúde ainda não diagnosticados

Embora muitos fatores do estilo de vida contribuam para o ganho de peso não intencional, certas condições médicas também podem desempenhar um papel, como:

  • Hipotireoidismo;
  • Depressão;
  • Síndrome dos ovários policísticos (SOP);
  • Transtorno da compulsão alimentar.

Por isso é importante obter o diagnóstico correto de um médico.

Além disso, alguns medicamentos, incluindo antidepressivos e antipsicóticos, podem levar ao quilinhos a mais. Fale com um profissional de saúde se acreditar que está ganhando peso devido ao seu medicamento.

Falta de sono

O sono é essencial para a saúde e o bem-estar em geral, e sua falta pode desencadear o sobrepeso, entre outros efeitos negativos. Assim, aumentar o tempo de sono pode ser um aliado do emagrecimento. 

Algumas evidências associam 7 ou mais horas de sono por noite a uma probabilidade 33% maior de emagrecimento, em comparação com dormir menos de 7 horas.

Se você tiver uma má qualidade do sono, tente limitar o tempo de tela (celular e televisão) antes de dormir, reduzir a ingestão de cafeína e ir para a cama sempre no mesmo horário. 

Leia também: 7 lanchinhos para comer antes de dormir que ajudam no sono

Estresse

O estresse crônico é um problema comum que pode afetar a balança. 

Foi demonstrado que altos níveis do hormônio do estresse cortisol aumentam a fome e o desejo por alimentos altamente palatáveis ​​e densos em calorias, o que pode dificultar o emagrecimento. 

Além disso, estudos indicam que pessoas com obesidade têm níveis mais altos de cortisol do que aqueles sem essa condição.

Para reduzir o estresse, tente incorporar práticas de relaxamento na rotina. Isso inclui ioga, passar um tempo na natureza e meditação

Consumo de muitas calorias

Comer demais continua sendo uma causa proeminente de ganho de peso. Se você ingerir mais calorias do que queima por dia, provavelmente ganhará peso.

Comer sem pensar, fazer lanches frequentes e fazer escolhas alimentares ricas em calorias e pobres em nutrientes promovem ingestão excessiva de calorias.

Pode ser difícil determinar as necessidades calóricas por conta própria. Portanto, consulte um nutricionista.

Algumas maneiras simples de evitar excessos incluem comer com atenção (o famoso mindful eating), seguir uma dieta rica em fibras e proteínas; consumir vegetais, beber água em vez de bebidas ricas em calorias e aumentar o nível de atividades físicas. 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.