Especialista esclarece se melatonina realmente ajuda a emagrecer

Alimentação Bem-estar
13 de Setembro, 2022
Especialista esclarece se melatonina realmente ajuda a emagrecer

Você dorme com facilidade e nos horários certos? Pois saiba que a responsável por esse reloginho biológico de dar inveja se chama melatonina. Produzida pela glândula pineal, localizada em nosso cérebro, o hormônio ajuda na indução ao sono. Sua forma sintética foi liberada para comercialização pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em outubro de 2021, e muita gente já está de olho em outros potenciais benefícios da substância: afinal, tomar melatonina emagrece?

Leia também: Melatonina no Brasil: quando há indicação de uso?

Como funciona a melatonina?

Naturalmente produzida no cérebro (especificamente na glândula pineal) a partir do triptofano e da vitamina B3, ela tem como principal função sincronizar o ritmo circadiano e regular o relógio biológico, sinalizando para o organismo que está chegando a hora de ir deitar.

Dessa forma, a falta de produção da melatonina pode ser consideravelmente prejudicial para o organismo. Isso porque pode fazer com que a pessoa permaneça acordada quando deveria dormir (noite), ou que tenha sonolência quando deveria estar acordada (dia). “Algumas pesquisas indicam ainda que a redução dessa substância, além de atrapalhar o sistema imunológico do indivíduo, também pode desequilibrar o metabolismo”, diz a endocrinologista Dra Mariana Carvalho de Oliveira.

Além de ser um hormônio que regula o sono e melhora a sua qualidade, a melatonina tem outra função igualmente importante. Ela atua na reparação das células durante o descanso, principalmente as que são expostas a estresse, poluição e outros fatores que colaboram para o envelhecimento precoce. Dessa forma, a melatonina é um hormônio com poderes antioxidantes.

​A endocrinologista comenta que, assim como a perda de massa muscular e óssea, a queda da produção de melatonina é um processo natural da idade, se iniciando a partir dos 30 anos, com uma redução significativa a partir dos 60. Porém, um dos fatores que mais influenciam essa redução é a exposição à luz azul durante a noite.

​Dra Mariana explica que a “luz azul” é proveniente de aparelhos eletrônicos como celular, tablet, computador e TV. E até exposições mínimas podem bloquear o hormônio. “Os sinais luminosos entram pela retina e confundem o corpo, fazendo-o pensar que é dia e bloqueando a produção da melatonina. Existem ainda outras situações que podem interferir na sua produção, como: diabetes descompensado, uso de certos medicamentos (como os betabloqueadores) ou AVC.”

Suplementar a melatonina emagrece?

Para quem deseja saber se melatonina realmente emagrece, a endocrinologista Dra Mariana Carvalho de Oliveira explica que além de ser este “marcador de claro e escuro”, alguns estudos já demonstram que o hormônio pode auxiliar no funcionamento do metabolismo, no controle alimentar e até no gasto energético, além de proteger contra doenças cardiovasculares.

Contudo, ela também ressalta: ainda não existe recomendação de uso de melatonina para fins exclusivos de emagrecimento. Isso porque são necessárias mais pesquisas a respeito do assunto. Além disso, “a suplementação exagerada e sem supervisão pode agravar problemas de saúde preexistentes e até mesmo bagunçar a fisiologia do ritmo circadiano diário.”

​Segundo a especialista, ter um sono de qualidade durante a noite é fundamental para um metabolismo saudável. E isso tem bastante relação com a melatonina.​ “Portanto, problemas de insônia ou quaisquer outros sintomas que indiquem uma falta de melatonina no organismo devem ser tratados junto a um profissional especializado, além de associado às medidas de higiene do sono”, orienta a Dra Mariana.

Leia também: 7 lanchinhos para comer antes de dormir que ajudam no sono

Fonte: Dra Mariana Carvalho de Oliveira, médica endocrinologista no Hospital Estadual de Américo Brasiliense (HEAB); e professora e preceptora do curso de Medicina da Universidade de Araraquara (UNIARA).

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas