Melasma no verão: cuidados importantes com a pele

Beleza Bem-estar
20 de Fevereiro, 2024
Melasma no verão: cuidados importantes com a pele

Quem tem melasma precisa ficar atento porque ele pode piorar no verão, já que a radiação solar e o próprio calor podem agravar o quadro. Trata-se de uma condição de pele caracterizada pelo aparecimento de marcas escurecidas acastanhadas, principalmente no rosto. As mulheres estão mais suscetíveis a desenvolver o problema. Isso porque a condição está relacionada não apenas a alterações hormonais na gravidez, mas também à exposição solar em excesso. Veja os cuidados essenciais na estação mais quente.

Leia mais: Melasma: O que é, tipos, cuidados e mais

Melasma no verão: quais são os riscos?

Andrea Bannach, dermatologista do Aché Laboratórios, explica que a exposição excessiva e sem proteção ao sol, mesmo que ele não atinja diretamente no rosto, pode intensificar o surgimento da hiperpigmentação causada pelo melasma.

“Quando exposto ao sol, o corpo produz o hormônio estimulante dos melanócitos, que por sua vez produzem melanina, o pigmento responsável pela hiperpigmentação. Essa produção ocorre quando qualquer parte do corpo está exposta aos raios solares, mas os efeitos podem atingir toda a pele. Por isso, o melasma pode piorar se a pessoa protege o rosto, mas esquece do restante do corpo”, explica.

Segundo pesquisa da Faculdade de Medicina da Unesp (Universidade Estadual Paulista), o melasma acomete entre 15% a 35% das mulheres brasileiras. Além disso, é mais comum o aparecimento a partir dos 30 anos e com tendência à melhora após a menopausa. É uma condição crônica, podendo durar anos ou por toda a vida.

Quais são as recomendações?

A recomendação para essas pessoas é sempre utilizar corretamente o protetor solar, independentemente do clima e até mesmo dentro de casa.

“O protetor deve ser de amplo espectro, protegendo contra os raios UVA, UVB e a luz visível, preferencialmente com cor. Ele deve ser aplicado rigorosamente todos os dias, independentemente das condições climáticas, na quantidade correta, e reaplicado frequentemente – sobretudo se a pessoa tiver entrado no mar ou na piscina, ou suado bastante”, recomenda a Dra. Andrea.

Quando for necessário sair de casa em horários de sol ou em situações de exposição solar maior, como praia e durante a prática de esportes, a orientação é usar acessórios que ajudem na proteção física, a exemplo de roupas, chapéus e guarda-sol. Também é essencial evitar horários de maior radiação, normalmente entre 10h e 16h – vale sempre conferir o índice UV para cada horário nas plataformas meteorológicas antes de planejar alguma atividade.

Quem tem melasma pode seguir os passos básicos de skincare (limpeza, hidratação e proteção solar) de acordo com o tipo de pele (seca, mista ou oleosa). Se desejar atenuar as marcas escurecidas, a pessoa pode usar produtos que combatam as marcas escurecidas, sempre com a orientação de um médico dermatologista, já que alguns ácidos e outros ingredientes uniformizadores podem irritar a pele. Alguns ativos que podem ajudar no tratamento são a cisteamina e a hidroquinona.

No verão, além do uso de produtos tópicos, também é possível usar antioxidantes via oral, desde que sejam recomendados por um dermatologista.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

foto de um prato colorido com legumes, salada e grãos
Alimentação Bem-estar Receitas

Encontrar receitas vegetarianas é difícil para você? Veja 20 opções!

Aqui na Vitat, você consegue encontrar inúmeras opções de receitas vegetarianas para variar o seu cardápio. Separamos algumas, confira!

5 benefícios da banana
Alimentação Bem-estar

5 benefícios da banana para os atletas

Liberação gradual de energia e recuperação muscular são alguns dos benefícios. Veja outros!