Matheus Pires, de “No Limite 6”, está com varíola dos macacos

7 de julho, 2022

Ex-participante da sexta edição do programa No Limite, Matheus Pires contraiu varíola dos macacos. Sem entrar em detalhes, a equipe do coordenador pedagógico informou que ele teve alguns sintomas da doença no início desta semana. Logo após a suspeita, realizou os exames laboratoriais, cujo resultado positivo saiu ontem (6). Assim como todos os pacientes com varíola dos macacos, Matheus foi hospitalizado para monitorar o caso e evitar a transmissão da doença. Por essa razão, o ex-participante não estará na final do programa, que vai ao ar hoje (7). Apesar da notícia, o quadro de saúde de Matheus Pires é estável.

Veja também: Varíola dos macacos: o que é e os casos pelo mundo

Dentre os sintomas da varíola dos macacos, estão febre, falta e ar, fadiga, inchaço nos gânglios e dores musculares. Normalmente, a manifestação da doença se inicia a partir do 13º de incubação do vírus. Depois de alguns dias, surgem as erupções na pele, parecidas com as da catapora e sífilis.

Por que Matheus Pires precisou ser internado?

A varíola dos macacos sofreu novas mutações e já se dissemina por vias humanas. Ou seja, basta entrar em contato com uma pessoa contaminada para correr o risco de infecção. No final de maio, a doença começou a acumular casos na Europa, mas furou a bolha do continente em poucas semanas. Até o fechamento desse texto, há mais de 7 mil casos confirmados pela OMS em quase 60 países. Desse total, 142 ocorrências pertencem ao Brasil, com maior predominância nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Embora seja contagiosa, a doença possui baixo risco de letalidade — em todo o mundo, a OMS reportou um óbito pela mutação atual.

Portanto, para evitá-la, o Ministério da Saúde e a Anvisa recomendam atenção redobrada aos sintomas da doença e ir imediatamente ao médico.