Massa muscular na terceira idade: entenda a importância

Bem-estar Movimento
04 de Outubro, 2022
Bianca Carolina Pichirilli
Revisado por
Educadora Física • CREF 144786-G/SP
Massa muscular na terceira idade: entenda a importância

A prática de exercícios físicos é recomendada em todas as fases da vida – até mesmo para as pessoas mais velhas. A intensidade e frequência dos movimentos variam de acordo com a faixa etária e condicionamento físico de cada um. Mas você sabia que o ganho de massa muscular na terceira idade traz vários benefícios?

A ciência explica

Conforme envelhecemos, é inevitável que ocorra a perda de massa muscular e isso compromete o desempenho físico. Esse processo, geralmente, começa antes dos 40 anos e é conhecido como sarcopenia.

Ao praticar regularmente atividade física, os idosos conseguem manter os músculos e retardar a perda de massa muscular. É o que diz um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, e publicado no American Journal of Physiology.

Outro estudo publicado no British Medical Journal descobriu que vinte minutos de exercício por dia são suficientes para reduzir pela metade os riscos de problemas no coração em idosos acima de 70 anos. 

Leia também: Atividade física para os idosos: benefícios e exercícios mais indicados

Como ganhar massa muscular na terceira idade

A musculação é a melhor forma de os idosos ganharem massa muscular. Isso porque os exercícios dessa modalidade ajudam a prevenir a redução de massa magra, além de estimularem o fortalecimento dos músculos.

É claro que nem todos os exercícios são viáveis para algumas pessoas, principalmente para os idosos que não tem acesso às academias, por exemplo. 

Nesse caso, o ideal é adaptar os movimentos de acordo com a necessidade de cada um. Realizar exercícios com faixas elásticas ou até mesmo usar o peso do próprio corpo são ótimas opções.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda, a partir dos 65 anos de idade, a realização de 150 minutos de atividade física aeróbica moderada por semana. Já os idosos com mobilidade física reduzida devem praticar atividades com o objetivo de melhorar o equilíbrio pelo menos três vezes na semana.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!